PROGRAMA “ESPORTE E LAZER DA CIDADE”: UMA ANÁLISE DA COMPOSIÇÃO ORÇAMENTÁRIA (2004-2011)

Autores

  • Suélen Barboza Eiras de Castro Universidade Federal do Paraná
  • Fernando Augusto Starepravo Universidade Estadual de Maringá
  • Doralice Lange de Souza Universidade Federal do Paraná.

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.64954

Palavras-chave:

Esportes. Atividades de lazer. Política pública. Orçamentos.

Resumo

Este trabalho teve por objetivo investigar a composição orçamentária do programa “Esporte e Lazer da Cidade” (PELC) no decorrer dos processos de elaboração e execução orçamentária de 2004 a 2011. Esta pesquisa foi de natureza quantitativa e de cunho exploratório e os dados orçamentários foram coletados do portal “Siga Brasil”. Concluímos que o PELC se caracterizou por somar o maior volume de recursos previstos e executados na função “Desporto e Lazer” e por apresentar um orçamento composto em sua quase totalidade de emendas parlamentares. A programação orçamentária prevista e executada no programa apontou para a priorização da implantação de infraestrutura esportiva no país em detrimento da proposição de atividades esportivas do programa. A composição orçamentária também indicou que o financiamento de infraestrutura e a proposição de atividades esportivas não estavam diretamente vinculados entre si.

 

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Suélen Barboza Eiras de Castro, Universidade Federal do Paraná

Doutora em Educação Física.

Fernando Augusto Starepravo, Universidade Estadual de Maringá

Doutor em Educação Física. Professor do Departamento de Educação Física da Universidade Estadual de Maringá.

Doralice Lange de Souza, Universidade Federal do Paraná.

Doutora em Educação Física. Professora do Departamento de Educação Física da Universidade Federal do Paraná.

Downloads

Publicado

2018-06-24

Como Citar

CASTRO, S. B. E. de; STAREPRAVO, F. A.; SOUZA, D. L. de. PROGRAMA “ESPORTE E LAZER DA CIDADE”: UMA ANÁLISE DA COMPOSIÇÃO ORÇAMENTÁRIA (2004-2011). Movimento, [S. l.], v. 24, n. 2, p. 383–398, 2018. DOI: 10.22456/1982-8918.64954. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/64954. Acesso em: 2 jul. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.