ESTADIO DO MARACANÃ NA MEMÓRIA DE SEUS FREQUENTADORES

Autores

  • Ana Beatriz Correia de Oliveira Tavares Universidade Gama Filho Instituto Federal do Rio de Janeiro
  • Sebastião Josué Votre Universidade Gama Filho

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.43624

Palavras-chave:

Memória. Futebol. Maracanã. Frequentadores.

Resumo

O Estádio do Maracanã, na relação com seus frequentadores, é tema deste estudo. Nosso objetivo é identificar as memórias de torcedores sobre o Maracanã e analisar os significados dessas memórias. A análise privilegia aspectos, que contribuíram para a construção desse estádio-símbolo. O referencial teórico é da abordagem psicossocial da memória, formulada por Sá (2005, 2007). Pautamo-nos pela análise do conteúdo (BARDIN, 2011). Os dados foram coletados através de entrevistas semiestruturadas com frequentadores assíduos do Maracanã, torcedores de Flamengo, Vasco, Fluminense e Botafogo. Os resultados apontam para singularidades construídas na relação entre os frequentadores do Maracanã, que transitam pela arquitetura do estádio, pelas emoções vivenciadas a cada dia de jogo e pelo sentimento de pertencimento, estabelecido no decurso do tempo. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Beatriz Correia de Oliveira Tavares, Universidade Gama Filho Instituto Federal do Rio de Janeiro

Doutoranda do Programa de Pós Graduação em Educação Física da Universidade Gama Filho;

Professora de Educação Física do Instituto Federal de Educação, Ciência e tecnologia do Rio de Janeiro.

Sebastião Josué Votre, Universidade Gama Filho

Professor doutor do Programa de Pós Graduação em Educação Física da Universidade Gama FilhoUnivers

Publicado

2014-05-14

Como Citar

TAVARES, A. B. C. de O.; VOTRE, S. J. ESTADIO DO MARACANÃ NA MEMÓRIA DE SEUS FREQUENTADORES. Movimento, [S. l.], v. 20, n. 3, p. 1017–1038, 2014. DOI: 10.22456/1982-8918.43624. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/43624. Acesso em: 26 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais