O SENTIDO ÉTICO-ESTÉTICO DO CORPO NA CULTURA POPULAR E A ESTRUTURAÇÃO DO CAMPO GESTUAL

Autores

  • Larissa Michelle Lara Unicamp

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.3570

Palavras-chave:

Ética. Estética. Corpo. Dança. Diversidade cultural.

Resumo

O texto analisa a construção do sentido éticoestético do corpo na cultura popular, buscando subsídios para reflexões acerca da estruturação do campo gestual. Por meio de incursões teóricas pela Filosofia e Antropologia Social, o conceito de sentido ético-estético foi elaborado, assim como foram extraídas categorias de análise para o entendimento desse sentido na cultura popular a partir de pesquisa do tipo etnográfico. As investigações apontam para um processo de normatização coletiva que gera técnicas corporais próprias às comunidades de cultura popular, as quais se colocam como parte de uma teia complexa de relações.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Larissa Michelle Lara, Unicamp

Doutora pela Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas – FE/UNICAMP. Docente do Departamento de Educação Física da Universidade Estadual de Maringá – DEF/ UEM. Líder do Grupo de Pesquisa Corpo Cultura e Ludicidade – DEF/UEM. Marília, PR, Brasil. E-mail: lmlara@uem.br.

Downloads

Publicado

2008-04-17

Como Citar

LARA, L. M. O SENTIDO ÉTICO-ESTÉTICO DO CORPO NA CULTURA POPULAR E A ESTRUTURAÇÃO DO CAMPO GESTUAL. Movimento, [S. l.], v. 13, n. 3, p. 111–129, 2008. DOI: 10.22456/1982-8918.3570. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/3570. Acesso em: 6 jul. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais