POR UMA HISTÓRIA COMPARADA DO ESPORTE: POSSIBILIDADES, POTENCIALIDADES E LIMITES

Autores

  • Victor Andrade de Melo UFRJ

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.3562

Palavras-chave:

Esporte. História. Historiografia.

Resumo

Depois de muitos anos em que a produção brasileira esteve limitada a poucas referências, a partir da década de 1990 é possível observar um aumento exponencial do número de estudos históricos que têm como objetos de investigação as práticas corporais institucionalizadas, entre as quais o esporte. Uma característica marcante observada nessa produção é que normalmente trata-se de estudos locais ou regionais. Este artigo objetiva refletir sobre as possibilidades, potencialidades e limites do método da História Comparada para ampliar as contribuições dos estudos históricos relacionados ao esporte. Espera-se que possa contribuir para problematizar o atual estágio de nossa produção historiográfica, apresentando alternativas que podem dar continuidade ao processo de qualificação de nossas investigações, e mesmo ampliar o diálogo com a comunidade científica internacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Victor Andrade de Melo, UFRJ

Professor do Programa de Pós-Graduação em História Comparada/IFCS e da Escola de Educação Física e Desportos. Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Coordenador do Grupo de Pesquisa Anima: Lazer, Animação Cultural e Estudos Culturais e do Grupo de Pesquisa Espaço Virtual de História do Esporte. Pesquisador do Laboratório de Estudos do Tempo Presente/IFCS/UFRJ, Brasil. Bolsista de produtividade de pesquisa/CNPq. E-mail: victor.a.melo@uol.com.br

Downloads

Publicado

2008-04-17

Como Citar

MELO, V. A. de. POR UMA HISTÓRIA COMPARADA DO ESPORTE: POSSIBILIDADES, POTENCIALIDADES E LIMITES. Movimento, [S. l.], v. 13, n. 3, p. 11–41, 2008. DOI: 10.22456/1982-8918.3562. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/3562. Acesso em: 30 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais