EDUCAÇÃO FÍSICA E ATIVIDADES CIRCENSES: “O ESTADO DA ARTE”

Autores

  • Teresa Ontañón Unicamp
  • Rodrigo Duprat Unicamp
  • Marco A. Bortoleto Unicamp

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.22960

Palavras-chave:

Jogos e brinquedos. Educação Física. Ensino. Revisão.

Resumo

A Educação Física tem experimentado um exponencial crescimento no trato das atividades circenses como conteúdo programático, com consequente incremento da produção acadêmica. O objetivo deste estudo foi descrever o “estado da arte” no que tange às atividades circenses e à educação física por meio de uma revisão bibliográfica da produção acadêmico-científica nacional e internacional. Os resultados indicam que grande parte dos 95 documentos analisados se apresenta em forma de “manuais didáticos” e “relatos de experiência”, com ênfase nos procedimentos técnico-pedagógicos. De modo geral, observamos escassas discussões conceituais e poucos estudos que avançam para além do senso comum e do romantismo pedagógico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Teresa Ontañón, Unicamp

Doutorado em Educação Física pela Faculdade de Educação Física da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), com Mestrado na mesma Faculdade, na área de Educação Física e Sociedade. Possui Graduação (Licenciatura e Bacharelado) em Ciencias de la Actividad Física y del Deporte pela Universidad Politécnica de Madrid, com especialidade em Educação Física, Lazer e Recreação. Possui também licenciatura em Pedagogia pela Universidade do Norte de Paraná.

Rodrigo Duprat, Unicamp

Doutor em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas (2014). Mestre em Educação Física (2007), Licenciado em Educação Física (2006) e Bacharel em Treinamento (2003) todos pela Universidade Estadual de Campinas. Coautor do livro Artes Circenses no âmbito escolar (2010). Menção honrosa - Premio Capes de Teses 2015 e IV Premio ACCAFIDE (Asociación Científico-cultural de Investigación y Docência en Actividad Física y Deportes).

Marco A. Bortoleto, Unicamp

Graduado (Licenciatura Plena) em Educação Física pela Universidade Metodista de Piracicaba (1997), Mestrado em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas (2000), Doutorado pela Universidade de Lleida (2004) no Instituto Nacional de Educação Física da Catalunha (INEFC) na Espanha (2004) e Livre Docente (Professor Associado) FEF-UNICAMP (2016).

Downloads

Publicado

2012-04-13

Como Citar

ONTAÑÓN, T.; DUPRAT, R.; BORTOLETO, M. A. EDUCAÇÃO FÍSICA E ATIVIDADES CIRCENSES: “O ESTADO DA ARTE”. Movimento, [S. l.], v. 18, n. 2, p. 149–168, 2012. DOI: 10.22456/1982-8918.22960. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/22960. Acesso em: 3 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais