A MOBILIDADE COMO AVENTURA NA CIDADE: JOGOS BASEADOS EM GEOLOCALIZAÇÃO (GPS) E APROPRIAÇÃO URBANA.

Juliana Alencar Viana

Resumo


Este artigo propõe reflexões sobre a relação de uma nova modalidade de jogo e o espaço público por meio de práticas culturais que utilizam tecnologias dos dispositivos móveis. Ao tecer relações interdisciplinares entre o campo do lazer, os estudos da comunicação e do espaço, buscou-se reconhecer experiências, para além do mero consumo do discurso ecologicamente correto e/ou da utilidade da atividade física como promotora de hábitos saudáveis, inserindo os jogos urbanos de mobilidade, como práticas culturais que estabelecem a partilha de experiência, apontando novas formas de sociabilidade e de apropriação urbana como lazer na contemporaneidade.



Palavras-chave


Atividades de Lazer. Cidades. Jogos e brinquedos.

Texto completo:

PDF-BR


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.18451



 

 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                                      

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment