Da uni-versidade para a multi-diversidade: análise de redes de ação e convivência em uma proposta de graduação com o uso de um AVA

Autores

  • Sonia Isabel Dondonis Daudt Universidade Federal do Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-1654.9691

Resumo

Esta tese é o resultado de um estudo teórico embasado, principalmente, na Teoria da Biologia do Conhecer, do biólogo Humberto Maturana, e de uma reflexão sobre um história de entrelaçamentos de vivências no âmbito de uma experiência pedagógica diferente da tradicionalmente desenvolvida em um curso de graduação, e de como esta maneira de ver e viver a educação pode produzir outras relações nos domínios do ensino. O principal foco de investigação foi: estudar como as ações docentes e discentes estabelecidas no operar de um curso de graduação, a partir de uma proposta pedagógica por Programas de aprendizagem e o uso do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), podem produzir outras relações nos domínios do ensino, da pesquisa e da extensão. Adotando uma metodologia de estudo de caso, o componente empírico deste trabalho apresenta e analisa o Curso de Administração: Gestão, Inovação e Liderança, uma iniciativa que implementa um modelo de curso com um currículo organizado por Programas de Aprendizagem, com o uso de um Ambiente Virtual de Aprendizagem. Uma diversidade de fontes de informações subsidiou a análise deste estudo: entrevistas, anotações de campo e extratos eletrônicos, que foram cruzados e complementados entre si. As evidências resultantes desta investigação mostram que as mudanças instituídas nos modos de operar neste curso - que refletem nas relações entre pesquisa, ensino e extensão -, estão relacionadas às maneiras como os sujeitos conversaram entre si, formando novas redes de ação e de convivência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2005-11-10

Como Citar

DAUDT, S. I. D. Da uni-versidade para a multi-diversidade: análise de redes de ação e convivência em uma proposta de graduação com o uso de um AVA. Informática na educação: teoria & prática, Porto Alegre, v. 8, n. 2, 2005. DOI: 10.22456/1982-1654.9691. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/InfEducTeoriaPratica/article/view/9691. Acesso em: 24 fev. 2024.

Edição

Seção

Resumos de Teses