Autonomia se Ensina?

Autores

  • Alberto Bastos Canto Filho

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-1654.128724

Resumo

Embora a autonomia seja uma competência citada em grande parte dos Projetos Pedagógicos de Cursos de Engenharia, raramente se encontra qualquer referência à forma como esta competência é desenvolvida ao longo do curso. Centrados no domínio cognitivo, os Planos de Ensino sequer citam os objetivos, métodos e sistema de avaliação que são utilizados para desenvolver as habilidades e atitudes que, juntamente com o conhecimento, irão compor esta competência. Neste artigo é apresentada a metodologia utilizada para desenvolver e avaliar a autonomia de estudantes de um tradicional Curso de Engenharia brasileiro. Descreve-se a evolução da atividade Aprendizagem Autônoma, criada com o objetivo de desenvolver a autonomia. O estudo mostra que há uma relação entre a autonomia e os resultados obtidos no domínio cognitivo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2023-02-09

Como Citar

CANTO FILHO, A. B. Autonomia se Ensina?. Informática na educação: teoria & prática, Porto Alegre, v. 25, n. 2, p. 12–28, 2023. DOI: 10.22456/1982-1654.128724. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/InfEducTeoriaPratica/article/view/128724. Acesso em: 21 fev. 2024.