Aceitação de tecnologia e validação de aplicativo para disseminar vídeos sobre prevenção

Um estudo piloto

Autores

Resumo

O câncer vem se tornando a principal doença crônica não transmissível mundial, estimando-se 625 mil casos até 2022, em Pernambuco, em homens, o câncer de próstata será o mais incidente(2.630) e nas mulheres o câncer de mama(2.390). Validamos vídeos educativos sobre prevenção de câncer de mama e próstata traduzidos em LIBRAS em um aplicativo, através de estudo piloto, quase-experimental onde 11 enfermeiros avaliaram os  vídeos e 19 surdos avaliaram o aplicativo e vídeos por meio do Modelo de Aceitação Tecnológica e questionário. O Alfa de Cronbach indicaram boa aceitação do aplicativo pelos surdos. Este estudo disponibiliza vídeos com evidências de aceitabilidade para divulgação e ensino dos surdos via aplicativo, registrado no Instituto Nacional de Propriedade Industrial, este contribuirá como recurso didático podendo auxiliar a formação de profissionais e promoção da saúde, podendo ainda contribuir na disseminação das boas práticas na construção de outros aplicativos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Venâncio de Sant'Ana Tavares, Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF

Graduação em Enfermagem e Obstetrícia pela Universidade Estadual da Paraíba - UEPB (1996). Licenciatura Em Enfermagem pela Universidade Estadual da Paraíba - UEPB (1997) e Tem experiência na área hospitalar e Estratégia Saúde da Família, atuando principalmente nos seguintes temas: saúde da mulher, saúde da criança, epidemiologia. Atualmente é professor assistente com Dedicação Exclusiva da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF) no módulo de Saúde da Criança, do Adolescente e da Mulher e Mestre em Saúde Materno Infantil pelo Mestrado Interinstitucional - MINTER (2012), realizado pelo Programa de Pós-Graduação stricto sensu do Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira - IMIP, juntamente com a Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF. Coordenou capacitação para tutores e formadores utilizando a plataforma Moodle, no Programa de Atualização e Capacitação Continuada - PACC entre 2013 e 2014 no âmbito da Universidade Aberta do Brasil (UAB). Chefe da Unidade de Telessaúde do HU-UNIVASF entre 2015 e Julho de 2020. Membro do NÚCLEO DE ESTUDOS EM SAÚDE COLETIVA - NESCO nas linhas Ciências sociais e humanas em saúde e Epidemiologia, líder atual do Grupo de Atenção a Saúde do Hospital Universitário da Univasf - GAS/HU-Univasf/EBSERH nas linhas Inovação Tecnológica em Saúde e Educação, Tecnologia e Trabalho, Acessibilidade, Tecnologias Assistivas e Inclusão. Membro do corpo editorial da Revista de Educação do Vale do São Francisco-REVASF, Coordenei a Liga Acadêmica de Enfermagem de Saúde Coletiva-LAESC Juntamente com a Profª Luciana Paula Fernandes Dutra - orcid.org/0000-0003-4971-6133 - Research Id-http://www.researcherid.com/rid/J-6071-2018 - Doutorando pelo AcCamargo Câncer Center-Fundação Antônio Prudente.

Jorge Luis Cavalcanti Ramos, Doutor. Docente- Universidade Federal do Vale do São Francisco-UNIVASF – PE.

Graduado em Engenharia Elétrica pela Universidade de Pernambuco (1992), com especialização em Informática em Educação pela Universidade Federal de Lavras-MG (2001). Possui mestrado (2006) e doutorado (2016) em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). É Professor Adjunto do Curso de Engenharia de Computação da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF), onde já atuou como pró-reitor de ensino. É docente do Mestrado Profissional em Administração Pública (PROFIAP) e do Doutorado Profissional em Agroecologia e Desenvolvimento Territorial (PPGADT) também na UNIVASF. Tem experiência nas áreas de (e-learning, Mineração de Dados Educacionais, produção de vídeos educacionais e TI aplicada à gestão pública. É pesquisador do Laboratório de Evidências Analíticas em Tecnologias Educacionais - EVANTE (http://evante.com.br) e membro do comitê organizador do Workshop de Ciência de Dados Educacionais (WCDE/SBC).

Marisie de Jesus Santos Cruz, Discente. Universidade Federal do Vale do São Francisco-UNIVASF – PE

Acadêmica de Bacharelado em Enfermagem pela Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), campus sede; Integrante do Núcleo de Estudos em Saúde Coletiva (Nesco-Univasf), membro do Núcleo Permanente de Vigilância em Saúde (Npvisa-Univasf) - sub área em Vigilância Hospitalar e Assistência ao Paciente. Integrante da Liga de Enfermagem Obstétrica e Neonatal (LEON-Univasf). Estudante no grupo de pesquisa Grupo de Atenção à Saúde do Hospital Universitário Dr. Washington Antônio de Barros - GAS/HU-Univasf/EBSERH e do Grupo de Estudo e Pesquisa em Oncologia (Geponco-Univasf).

Lucineide Santos Silva, Doutora. Docente-Universidade Federal do Vale do São Francisco-UNIVASF – PE

Possui graduação em Enfermagem pela Universidade Estadual de Feira de Santana (2002), especialista em Saúde Pública pela Faculdade Internacional de Curitiba (2004), mestra em Enfermagem na Atenção à Saúde da Mulher pela Universidade Federal da Bahia (2006) e doutoranda do AC Camargo Câncer Center. Atualmente é Professora Assistente da Universidade Federal da Bahia, estando em lotação provisória na Universidade Federal do Vale do São Francisco desde 2012. Tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Enfermagem na Atenção à Saúde da Mulher, gênero, saúde coletiva, sexualidade e infecções sexualmente transmissíveis (IST)/ AIDS

Luciana Paula Fernandes Dutra, Doutora. Docente-Universidade Federal do Vale do São Francisco-UNIVASF – PE

Possui graduação em enfermagem pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) (1998) ; Especialização em Programa de Saúde da Família pela Faculdade de Ciências Sociais e Aplicadas (FACISA) (2006); especialização em Saúde da Família com Ênfase na Coordenação e Gerenciamento de Processos de Trabalho, pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) (2009); especialização em Educação na saúde para Preceptores do SUS, pelo Instituto Sírio Libanês de Ensino e pesquisa (2014); mestrado em Saúde Materno Infantil pelo Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (2012) (IMIP).; possui doutorado em Ciências, área de concentração: Oncologia, pela Fundação Antônio Prudente, Hospital AC Camargo Câncer Center, em Parceria com a Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF).(2021). Atualmente é professora adjunto II da UNIVASF, do colegiado de enfermagem, das disciplinas saúde da mulher e da criança; membro do Núcleo de Estudos em Saúde coletiva (NESCO), área de atuação em educação em saúde. ORCID: https://orcid.org/0000-0003-0093-4762.

Diana Lima Villela de Castro, PHD. -Docente Stricto-Sensu, AC Camargo Cancer Center -Docente, FECS-Hospital Alemão Oswaldo Cruz– SP.

Pós-doutora (2015), Doutora (2014) e Mestra (2007) em Ciências na Saúde do Adulto pela Escola de Enfermagem da USP- SP. Coordenadora do Programa de Iniciação Científica da Faculdade em Ciências da Saúde (Hospital Alemão Oswaldo Cruz), Docente do Programa de Pós-graduação Stricto Sensu da Fundação Antônio Prudente (AC Camargo Cancer Center). Atuou como MSL (Medical Science Liaison) da Oncologia da Bayer Pharmaceuticals (jan 2017 a dez 2020); Enfermeira Sênior da Educação Continuada do AC Camargo Cancer Center (2008 a 2016); Enfermeira de Centro Cirúrgico por 5 anos sendo no Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas - IOT FMUSP (2003-2007), Hospital Bandeirantes (2006-2008) e AC Camargo Cancer Center (2007-2008). Concluiu a graduação em Enfermagem pelo Centro Universitário São Camilo (2002); é Especialista em Enfermagem Ortopédica e Traumatológica pelo Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas - FMUSP (2003-2004). Atua como especialista clínica na CMR Surgical - cirurgia robótica.

Downloads

Publicado

2023-11-20

Como Citar

TAVARES, V. de S.; JORGE LUIS CAVALCANTI RAMOS; MARISIE DE JESUS SANTOS CRUZ; LUCINEIDE SANTOS SILVA; LUCIANA PAULA FERNANDES DUTRA; DIANA LIMA VILLELA DE CASTRO. Aceitação de tecnologia e validação de aplicativo para disseminar vídeos sobre prevenção: Um estudo piloto. Informática na educação: teoria & prática, Porto Alegre, v. 26, n. 1, p. 13–20, 2023. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/InfEducTeoriaPratica/article/view/124618. Acesso em: 1 mar. 2024.