Efeito Qualis e a produção científica dos Programas de Pós-Graduação da Universidade Federal de São Carlos

Autores

  • Raquel Santos Maciel Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)
  • Leandro Innocentini Lopes de Faria Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)
  • Douglas Henrique Milanez Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)
  • Tamie Aline Lança Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)

DOI:

https://doi.org/10.19132/1808-5245240.88-110

Palavras-chave:

Qualis Periódicos, Bibliometria, Indicadores Bibliométricos, Programas de Pós-Graduação – Avaliação, Universidade Federal de São Carlos.

Resumo

Os critérios de avaliação dos programas de pós-graduação podem ser utilizados como aportes para a gestão na medida em que permitem a elaboração de indicadores bibliométricos para o monitoramento, especialmente, da produção científica. Isso se deve, em grande parte, à maior valorização desse item no momento da avaliação. Nesse contexto, esta pesquisa tem como objetivo investigar a dinâmica de produção intelectual, particularmente artigos científicos em periódicos, dos Programas de Pós-Graduação da Universidade Federal de São Carlos, por meio da elaboração de indicadores bibliométricos e análise de redes a fim de observar a relação entre a publicação de artigos em estratos Qualis e as notas dos programas. De abordagem quantitativa, natureza aplicada e caráter exploratório, realizou-se a extração de dados da Plataforma Lattes por meio da ferramenta SyncLattes a partir de lista de 1.215 docentes credenciados na categoria permanente no período de 2010-2017, que resultou em 16.275 registros bibliográficos referentes aos artigos científicos em periódicos. Os dados foram importados para o software VantagePoint e tratados com thesaurus que associaram o IDLattes dos docentes ao período de credenciamento nos programas e thesaurus que associaram o ISSN dos periódicos aos estratos dos Qualis Periódicos. Os indicadores bibliométricos foram elaborados nos softwares Microsoft Excel e VOSviewer e demonstraram a possibilidade de acompanhamento da produção de artigos dos programas com vistas à gestão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Raquel Santos Maciel, Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)

Mestra em Ciência da Informação pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) (2018). Bibliotecária-Documentalista da Universidade Federal do Amazonas (UFAM).

Leandro Innocentini Lopes de Faria, Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)

Professor Adjunto da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) desde 2002, vinculado ao Departamento de Ciência da Informação. Professor do Programa de Pós-Graduação em Ciência, Tecnologia e Sociedade da UFSCar. Professor do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UFSCar. Coordenador executivo do Núcleo de Informação Tecnológica em Materiais da UFSCar. Atuação em Ciência da Informação, Prospecção Tecnológica, Inteligência Competitiva, Bibliometria e Indicadores de C&T. Engenheiro de Materiais pela UFSCar (1994). Doutor em Ciência e Engenharia dos Materiais pela Universidade Federal de São Carlos (2001) e em Ciência da Informação e Comunicação pela Universite dAix-Marseille III (2001).

Douglas Henrique Milanez, Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)

Atuo em pesquisas sobre Seleção de Materiais e Informação Tecnológica e Estratégica em Materiais com o intuito de subsidiar a tomada de decisão e o planejamento, com base na elaboração de indicadores de monitoramento tecnológico e inteligência competitiva utilizando técnicas qualitativas e quantitativas para análise da informação, em especial tendo documentos de patentes e publicações científicas como fonte primária de informação. Sou formado em Engenharia de Materiais pela Universidade Federal de São Carlos (2009) e conclui o mestrado (2011) e o doutorado (2015) no Programa de Pós Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais da mesma instituição, desenvolvendo pesquisa na linha de Informação Tecnológica e Estratégica em Materiais. Em 2015 fui professor substituto no Departamento de Ciência da Informação (DCI) da UFSCar, atuando em disciplinas de Gestão de Unidades de Informação e Conhecimento e Propriedade Intelectual. Tenho experiência nas áreas de Engenharia de Materiais, Projetos de Engenharia, Técnicas Quanti-qualitativas de Análise de Informação (Bibliometria, Mineração de Dados e Mineração de Textos), e Propriedade Intelectual, atuando principalmente nos seguintes temas:seleção de materiais, gestão tecnológica e empresarial, gestão da inovação, prospecção tecnológica, análise de patentes e indicadores de C&T.

Tamie Aline Lança, Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)

Atuo como bibliotecária na Biblioteca da Faculdade de Direito de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FDRP-USP) e como professora responsável e professora tutora à distância no curso de Biblioteconomia do Claretiano. Sou formada em Biblioteconomia e Ciência da Informação e mestre em Ciência da Informação, ambos pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Tenho curso de educação continuada em Informação Jurídica, devido minha atuação na área. Minhas pesquisas contemplam bibliometria e indicadores de interdisciplinaridade na Ciência da Informação.

Referências

AZEVEDO, Mário Luiz Neves de; OLIVEIRA, João Ferreira de; CATANI, Afrânio Mendes. O Sistema Nacional de Pós-graduação (SNPG) e o Plano Nacional de Educação (PNE 2014-2024): regulação, avaliação e financiamento. RBPAE, v. 32, n. 3, p. 783-803, set. /dez. 2016.

BARATA, Rita de Cássia Barradas. Dez coisas que você deveria saber sobre o Qualis. RBPG, Brasília, v. 13, n. 30, p. 013-040, jan. /abr. 2016.

BASSOLI, Marcela. Avaliação do currículo lattes como fonte de informação para construção de indicadores: o caso da UFSCar. 2017. 139 f. Dissertação (Mestrado em Ciência, Tecnologia e Sociedade) - Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), São Carlos, 2017.

BRITO, Aline Grasiele Cardoso de Brito; QUONIAM, Luc; MENA-CHALCO, Jesús Pascual. Exploração da Plataforma Lattes por assunto: proposta de metodologia. TransInformação, Campinas, v. 28, n. 1, p. 77-86, jan. /abr. 2016.

CAPES – Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Diretoria de avaliação. Documento de área: área 21 – Educação Física. Brasília, DF, 2016. 37 p.

CAPES – Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Diretoria de avaliação. Plano Nacional de Pós-Graduação: PNPG 2011-2020. Brasília, DF, v. 1, 2010.

CARVALHO, Kátia et al. Aspectos gerenciais da política científica brasileira: um olhar sobre a produção científica do campo da Sociologia face aos critérios de avaliação do CNPq e da Capes. Em Questão, Porto Alegre, v. 19, n. 1, p. 187-212, jan./jun. 2013.

CASTANHA, Renata Cristina Gutierres; GRÁCIO, Maria Cláudia Cabrini. Indicadores de avaliação de Programas de Pós-Graduação: um estudo comparativo na área de Matemática. Em Questão, Porto Alegre, v. 18, Edição Especial, p. 81-97, dez. 2012.

CORREIA, Anna Elizabeth Galvão Coutinho; ALVARENGA, Lídia; GRACIA, Joana Coeli Ribeiro. Produção científica: reflexos da avaliação nos programas de pós-graduação. Em Questão, Porto Alegre, v. 18, Edição Especial, p. 231-247, dez. 2012.

CURY, Carlos Roberto Jamil. Prefácio: da crítica à avaliação à avaliação crítica. In: BIANCHETTI, Lucídio; SGUISSARDI, Valdemar (Org.). Dilemas da pós-graduação: gestão e avaliação. Campinas/SP: Autores Associados, 2009. p. 9-14.

DIGIAMPIETRI, Luciano A. et al. BraX-Ray: An X-Ray of the Brazilian Computer Science Graduate Programs. PLOS ONE, v. 9, n. 4, p. 1-12, abr. 2014.

GREGOLIN, J. A. R. (Coord.). Análise da produção científica a partir de indicadores bibliométricos. In: FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA NO ESTADO DE SÃO PAULO. Indicadores de ciência, tecnologia e inovação em São Paulo, 2004. São Paulo, 2005. cap. 5.

FURTADO, Heitor Luiz; HOSTINS, Regina Célia Linhares. Avaliação da pós-graduação no Brasil. Rev. educ. PUC-Camp., Campinas, v. 19, n. 1, p. 15-23, jan./abr. 2014.

GOLDEMBERB, José. Ciência, desenvolvimento e universidade. In: MARCOVITCH, Jacques (Org.). Repensar a universidade: desempenho acadêmico e comparações internacionais. São Paulo: Com Arte; Fapesp, 2018. p. 21-29.

HORTA, José Silvério Baia. Avaliação da pós-graduação: com a palavra os coordenadores de programas. Perspectiva, Florianópolis, v. 24, n. 1, p. 19-47, jan/jun. 2006.

MACIAS-CHAPULA, Cesar A. O papel da informetria e da cienciometria e sua perspectiva nacional e internacional. Ci. Inf., Brasília, v. 27, n. 2, p. 134-140, maio/ago. 1998.

MACIEL, Raquel Santos et al. Efeito Qualis nos Programas de Pós-Graduação da Universidade Federal de São Carlos: uma análise baseada em redes de coocorrência. In: ENCONTRO BRASILEIRO DE BIBLIOMETRIA E CIENTOMETRIA, 6., 2018, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: UFRJ, 2018. p. 272-280.

MATIAS, Mesailde Souza de Oliveira. Base referencial para o povoamento de repositórios institucionais: coleta automatizada de metadados da Plataforma Lattes. 2015. 94 f. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Gestão de Organizações e Sistemas Públicos, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2015.

MUELLER, Suzana Pinheiro Machado. A Ciência, o sistema de comunicação científica e a literatura científica. In: CAMPELLO, Bernardete Santos; CENDÓN, Beatriz Valadares, KREMER, Jeannete Marguerite (Org.). Fontes de Informação para Pesquisadores e Profissionais. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2000. p. 21-34.

MOREIRA, Carlos Otávio F.; HORTALE, Virginia Alonso; HARTZ, Zulmira de Araújo. Avaliação da pós-graduação: buscando consenso. RBPG, n. 1, jun. 2004.

MUGNAINI, Rogério; CARVALHO, Telma; CAMPANATTI-OSTIZ, Heliane. Indicadores de produção científica: uma discussão conceitual. In: POBLACION, Dinah Aguiar; WITTER, Geraldina Porto; SILVA, José Fernando Modesto da. Comunicação & produção científica: contexto, indicadores e avaliação. São Paulo: Angellara, 2006. p. 313-340.

MUGNAINI, Rogério; JANNUZZI, Paulo de Martino; QUONIAM, Luc. Indicadores bibliométricos da produção científica brasileira: uma análise a partir da base Pascal. Ci. Inf., Brasília, v. 33, n. 2, p. 123-131, maio/ago. 2004.

OLIVEIRA, Ely Francina Tannuri de; GRÁCIO, Maria Cláudia Cabrini. Indicadores bibliométricos em ciência da informação: análise dos pesquisadores mais produtivos no tema estudos métricos na base Scopus. Perspectivas em Ciência da Informação, v.16, n. 4, p.16-28, out. /dez. 2011.

OLIVEIRA, João Ferreira de; FONSECA, Marília. A pós-graduação brasileira e o seu sistema de avaliação. In: OLIVEIRA, João Ferreira de; CATANI, Afrânio Mendes; FERREIRA, Naura Syria Carapeto (Org.). Pós-graduação e avaliação: impactos e perspectivas no Brasil e no cenário internacional. Campinas, SP: Mercados de Letras, 2010. p. 15-51.

PEREIRA, César Antonio. Cartografia dos estudos métricos da informação: panorama atual, desafios e perspectivas na avaliação da ciência. 2015. 249f. Tese (Doutorado) - Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo (USP), São Paulo, 2015.

SPINAK, Ernesto. Indicadores cienciometricos. Ci. Inf., Brasília, v. 27, n. 2, p. 141-148, maio/ago. 1998.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS. Pró-Reitoria de Pós-Graduação. Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu. São Carlos, SP, [2018]. Disponível em: http://www.propg.ufscar.br/propg/programas-de-pos-graduacao. Acesso em: 20 jan. 2018.

VAN RAAN, Anthony F. J. Measuring science: capita selecta of current main issues. In: MOED, Henk F.; GLÄNZEL, Wolfgang; SCHMOCH, Ulrich. Handbook of quantitative science and technology research the use of publication and patent statistics in studies of S&T systems. Netherlands: Kluwer Academic Publishers, 2004. cap. 1.

VOGEL, Michely Jabala Mamede. Avaliação da pós-graduação brasileira: análise dos quesitos utilizados pela Capes e das críticas da comunidade acadêmica. 2015. 190 f. Tese (Doutorado) - Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015.

Downloads

Publicado

2018-12-31

Como Citar

MACIEL, R. S.; FARIA, L. I. L. de; MILANEZ, D. H.; LANÇA, T. A. Efeito Qualis e a produção científica dos Programas de Pós-Graduação da Universidade Federal de São Carlos. Em Questão, Porto Alegre, v. 24, p. 88–110, 2018. DOI: 10.19132/1808-5245240.88-110. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/86887. Acesso em: 26 fev. 2024.

Edição

Seção

Encontro Brasileiro de Bibliometria e Cientometria

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)