Refletindo sobre o Papel do Professor: Buber, Freire e Gur-Ze’ev

Alexandre Guilherme, John Morgan

Resumo


Três conceitos distintos relacionados ao papel do professor são considerados neste artigo. Buber compreende o docente como professor-construtor de uma comunidade dialógica que desempenha um papel fundamental na formação do caráter dos indivíduos. Freire desenvolve essa noção, acrescentando um matiz político, e defende um professor-político que desempenha um papel central na formação de indivíduos críticos e na libertação dos oprimidos. Gur-Ze’ev é crítico de Freire e defende o professor-improvisador, que exercita e incentiva a criticidade sempre, mas sem referência a utopias. O artigo compara e avalia criticamente estes conceitos relacionados ao papel do professor e indica as implicações de adotá-los não apenas para a educação, mas também para a sociedade em geral.

Palavras-chave


Buber; Freire; Gur-Ze’ev; Professor



Direitos autorais 2018 Educação & Realidade

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo