Ainda Não Sei Ler e Escrever: alunos indígenas e o suposto fracasso escolar

Ilma Regina Castro Saramago de Souza, Marilda Moraes Garcia Bruno

Resumo


O processo de leitura e escrita de alunos indígenas deve ser problematizado em relação ao fracasso escolar, cuja terminologia é aplicada aos alunos que não alcançam as expectativas estabelecidas pelo sistema de ensino, cujo parâmetro é pautado na educação para o não indígena. Este estudo objetiva discutir o suposto fracasso escolar, no campo da leitura e da escrita, de alunos indígenas Guarani, Kaiowá e Terena, em Dourados/MS. Fundamenta-se na perspectiva sociopolítica dos Estudos Culturais e dos Estudos do Letramento, adotando o caminho investigativo da etnografia.


Palavras-chave


Educação Escolar Indígena. Leitura e Escrita. Fracasso Escolar.

Texto completo:

Acesso ao artigo


Direitos autorais 2017 Educação & Realidade

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo