Pesquisando Multiculturalismo e Educação: o que dizem as dissertações e teses

Ana Canen, Ana Paula Arbache, Monique Franco

Resumo


O presente trabalho busca situar a emergência do multiculturalismo como campo de pesquisas no contexto educacional brasileiro, nos âmbitos específicos do currículo e da formação docente, a partir das dissertações e teses defendidas nos programasde Pós-Graduação de 1981 a 1998. Na perspectiva do multiculturalismo crítico pós-colonial (Bhabha, 1998; McLaren, 2000), busca indicar em que medida e sob que enfoque(s) teórico(s) e metodológico(s) a reflexão multicultural, discutida na literatura, nos debates recentes e em políticas curriculares nacionais, emerge como objeto depesquisa na produção de teses e dissertações em currículo e formação docente. Detecta ênfases, silêncios e potencialidades da produção analisada, em termos da construção de identidades discentes e docentes híbridas, multi culturalmente comprometidas.

Palavras-chave


Multiculturalismo. Identidades. Dissertações. Teses.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo