Psicanálise e Educação: os paradoxos da alteridade

André Oliveira Costa, Simone Zanon Moschen

Resumo


Este artigo trabalha o conceito de alteridade, fazendo uma correlação entre Psicanálise e Educação. Para ambas as disciplinas deve estar colocada, como condição, a diferença do outro como semelhante; a inscrição do Outro, que marca um processo particular de inserção na cultura; e do outro radical e inapreensível. Entre elas vamos identificar um certo modo de produção do sujeito que passa necessariamente pela relação com o outro, mas que não sefaz sem obstáculos. Quais são os paradoxos da alteridade? É nossa pergunta que conduz a pensarmos a relação do sujeito a três registros da alteridade.


Palavras-chave


Alteridade. Psicanálise. Inclusão.

Texto completo:

Acesso ao artigo


Direitos autorais

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo