Reflexões sobre a Etnografia Crítica e suas Implicações para a Pesquisa em Educação

Jefferson Mainardes, Maria Inês Marcondes

Resumo


O artigo discute a etnografia crítica, destacando as suas origens, conceituação, contribuições, implicações para a pesquisa em educação, bem como os desafios que esta abordagem metodológica coloca para os pesquisadores. Especial referência é feita aos estágios da pesquisa qualitativa crítica desenvolvidos por Carspecken (1996). Os autores argumentam que a metodologia etnografia crítica possui um potencial significativo para fortalecer a pesquisa em educação, uma vez que destaca a necessidade do estabelecimento de relações com o sistema social mais amplo e a problematização de questões relacionadas à reprodução social, desigualdades e formas de opressão dentro e fora do sistema educacional.

Palavras-chave


Etnografia Crítica. Etnografia. Pesquisa Educacional.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo