AVALIAÇÃO NA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR: ANALISANDO AS EXPERIÊNCIAS DAS CRIANÇAS EM TRÊS ANOS DE ESCOLARIZAÇÃO

Wagner dos Santos, Aline de Oliveira Vieira, Bruna Jéssica Mathias, Marciel Barcelos, Juliana Martins Cassani

Resumo


O objetivo deste artigo é analisar o que as crianças produzem diante do ato de avaliar na Educação Física, em três anos da escolarização. Utiliza a pesquisa narrativa com sete crianças do 6º ano do ensino fundamental de uma escola da Prefeitura Municipal de Serra, no Espírito Santo. Tem como fontes os diários de Educação Física produzidos pelas crianças, que contêm registros escritos e imagéticos, assim como as suas narrativas individuais orais. O processo de análise evidencia a potencialidade no uso dos diários como prática avaliativa longitudinal, pois as crianças sinalizam a maneira processual com que atribuem complexidade aos seus aprendizados, expressando as relações estabelecidas com os saberes da Educação Física, em três anos da escolarização.

 


Palavras-chave


Avaliação. Escolaridade. Desenho. Educação Física.

Texto completo:

PDF-POR


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.76974



 

 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                                      

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment