O IMPACTO DO MOVIMENTO RENOVADOR DA EDUCAÇÃO FÍSICA NAS IDENTIDADES DOCENTES: UMA LEITURA A PARTIR DA “TEORIA DO RECONHECIMENTO” DE AXEL HONNETH

Thiago da Silva Machado, Valter Bracht

Resumo


Estuda o impacto do Movimento Renovador da Educação Física nas identidades docentes dos professores da área que concluíram a formação inicial anteriormente à década de1990, apartir do exame da hipótese de que a “desnaturalização da Educação Física” promovida por essa produção teria incidido fortemente na identidade dos professores. Realiza, para tanto, uma pesquisa empírica a partir de entrevistas semiestruturadas com 13 professores de EF de diferentes estados e regiões brasileiras. Elege a teoria do reconhecimento social de Honneth (2009) como perspectiva de análise, relacionando o “impacto” a um processo tangenciado por uma espécie de gramática moral, destacando as questões de cunho afetivo-moral. Nas considerações finais, destaca a produção do MREF como responsável por dissonâncias, desestabilizações e rupturas na área, mas, também, a potência desse movimento ao enfatizar a necessidade de se pensar a EF articulada com um projeto mais amplo de escolarização.


Palavras-chave


Educação Física. Indicação de produção científica. Docentes. Crise de identidade.

Texto completo:

PDF-POR


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.60228

Direitos autorais 2016 Movimento (ESEF/UFRGS)



 

Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment