A FENOMENOLOGIA COMO FUNDAMENTAÇÃO PARA O MOVIMENTO HUMANO SIGNIFICATIVO

Aguinaldo Cesar Surdi, Elenor Kunz

Resumo


A fenomenologia procura mostrar que o ser humano deve ser o centro do processo do conhecimento. A consciência humana é doadora de significado e sentido para os fenômenos do mundo. Este sentido se direciona para o que é fundamental do fenômeno, a sua essência. Portanto este caminho é sempre intencional. No caso do movimento humano, não existe forma de movimento, mas pessoas se movimentando, que lhe fornecem significado na relação com o mundo. Nosso trabalho teve como problemática principal, investigar sobre a argumentação teórica que a fenomenologia proporciona para o entendimento do movimento humano como significativo. Este trabalho teórico e qualitativo teve como base o pensamento fenomenológico de Edmund Husserl e Merleau Ponty. A visão fenomenológica do movimento humano propõe que o sujeito seja o ator de seu movimento próprio e não apenas um objeto que recebe ordens para imitar padrões de movimento preestabelecidos. O movimento deve ser entendido como um diálogo entre homem e mundo, onde o ser humano compreende o mundo pela ação. Este movimento dialógico é expressivo e comunicativo que se manifesta como gesto criativo, com possibilidade de conhecer e transformar o mundo. Este entendimento do movimento humano deve orientar o trabalho na educação física, para que esta consiga recuperar seu real sentido e significado no processo educacional.

Palavras-chave


Fenomenologia. Movimento. Conhecimento. Educação Física.

Texto completo:

PDF-BR PDF-EN


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.3054



 

 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                                      

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment