Dança e expressividade: uma aproximação com a fenomenologia

Danieli Alves Pereira Marques, Aguinaldo César Surdi, José Tarcísio Grunennvaldt, Elenor Kunz

Resumo


Resumo: Este ensaio tem por objetivo ler a dança a partir de uma perspectiva fenomenológica, compreendendo como ela, enquanto expressão humana, expressão criadora, se aproxima dessa concepção. A intenção dessa reflexão é destacar a dança, sendo arte e cultura, como possibilidade infinita de criação e ressignificação humana. Como abertura para o outro no espaço e no tempo, a experiência dançante renasce numa nova vivência espaço-temporal, permanecendo aberta a diferentes formas de interpretação, atualizando significações, que são intencionadas tanto por quem dança, quanto por quem a aprecia.


Palavras-chave


Dança. Expressividade. Corpo-próprio.

Texto completo:

PDF-BR


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.26494



 

 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                                      

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment