BOXE AMADOR ESPANHOL: ORIGEM E EVOLUÇÃO ATÉ OS JOGOS OLÍMPICOS DE TOKYO-1964

María-Teresa Calle-Molina, María Eugenia Martínez-Gorroño

Resumo


Esta investigação recupera os fatos e circunstâncias históricas que envolveram o boxe desde a sua origem nas estruturas federativas espanholas até a participação espanhola nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 1964. Este trabalho historiográfico utilizou análise documental e entrevistas semiestruturadas para recuperar e contrastar informações dos arquivos institucionais, pessoais e jornalísticos, recolhendo informação inédita do arquivo pessoal e da entrevista de um boxeador participante em Tóquio-64. Madrid e Barcelona promoveram a prática pugilística na Espanha nas primeiras décadas do século XIX. A chegada dos boxeadores estrangeiros levou à estruturação e à regulamentação do boxe e, em consequência, em 1922, foi fundada a Federação Espanhola de Boxe, que passou a fazer parte das estruturas olímpicas. A Guerra Civil espanhola significou uma pausa, mas nos anos 1960 surgiu uma geração de boxeadores que, apesar das circunstâncias precárias, conseguiram comparecer aos Jogos Olímpicos e ter muitas vitórias subsequentes.

 


Palavras-chave


Boxe. Esportes. História. Tóquio.



DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.102630

Direitos autorais 2020 Movimento (ESEFID/UFRGS)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Movimento

Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment