Artes da cena e educação: um comparativo entre Brasil e Itália

Autores

  • Taís Ferreira Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Palavras-chave:

teatro, dança, escola, Brasil, Itália

Resumo

Este artigo de cunho comparativo busca relacionar os modos de fazer, pensar e organizar o teatro e a dança nas escolas no Brasil e na Itália. O estudo tem como objetivo ampliar os horizontes de possibilidades de compreensão da inserção das artes da cena na educação regular. Para tanto, são analisados documentos de órgãos oficiais europeus e brasileiros, bem como é realizada uma revisão bibliográfica que situa o teatro e a dança nos campos educacionais dos dois países.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Taís Ferreira, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Professora adjunta da Faculdade de Educação da UFRGS. Atua nas áreas de pedagogias das artes cênicas, teoria e história do teatro, estudos de recepção e formação de professores de teatro e dança e pedagogas.

Referências

BRASIL. Gabinete da Presidência. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei N. 9.394 de 20 de dezembro de 1996. Diário Oficial da União, Brasília, 1996. Available at: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm>. Accessed on: 1 November 2018.

BRASIL. Secretaria de Educação Básica. Parâmetros curriculares nacionais: Arte. Ensino Fundamental, Séries Iniciais, Livro 6. Brasília: MEC/SEF, 1997.

BRASIL. Secretaria de Educação Básica. Parâmetros curriculares nacionais: Arte. Ensino Fundamental, Séries Finais, Livro 7. Brasília: MEC/SEF, 1998.

BRASIL. Secretaria de Educação Básica. Parâmetros curriculares nacionais: Linguagens, códigos e suas tecnologias. Ensino Médio, Parte II. Brasília: MEC/SEF, 2000.

BRASIL. Lei n. 13.006, de 26 de junho de 2014. Acrescenta § 8º ao art. 26 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para obrigar a exibição de filmes de produção nacional nas escolas de educação básica. Diário Oficial da União, Brasília, 2014. Available at: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2014/Lei/L13006.htm>. Accessed on: 2 June 2018.

BRASIL. Gabinete da Presidência. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei N. 13.278 de 02 de maio de 2016. Diário Oficial da União, Brasília, 2016.

BRASIL. Secretaria de Educação Básica. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC/SEF, 2018.

DELDIME, Roger. Le quatrième mur – Regards sociologiques sur la relation théâtrale. Bruxelles: Editions Promotion Théâtre, 1990.

EURIDYCE. L’éducation artistique et culturelle à l’école en Europe. Bruxelles: EACEA, 2009.

FERREIRA, Taís; MARIOT, Marcio P. Normativas educacionais para o ensino de teatro no Brasil e na Itália: um exercício reflexivo-comparativo. Urdimento, Florianópolis, v. 1, n. 34, p. 96-109, 2019.

FERREIRA, Taís. Professores/as de teatro e dança brasileiros/as como espectadores/as. 2017. 301 f. Tese (Doutorado em Artes Cênicas e Dottorato Arti Visive) – Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas; Dottorato Arti Visive, Performative, Mediali, Universidade Federal da Bahia; Università di Bologna, Salvador; Bologna, 2017.

GIACCHÈ, Piergiorgio. Lo spettatore partecipante – Contributi per una antropologia del teatro. Milano: Guerini, 1991.

GUCCINI, Gerardo et al. (Org.). Le partenariat: une voie européenne pour la formation théâtrale des enseignants. Nantes: Project Européen T.E.A.T.R.E, 2001.

INEP. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Censo Escolar da Educação Básica 2013: resumo técnico. Brasília: INEP, 2014. Available at: <http://download.inep.gov.br/educacao_basica/censo_escolar/resumos_tecnicos/resumo_tecnico_censo_educacao_basica_2013.pdf>. Accessed on: 18 September 2019.

ITÁLIA. Ministero dell’Istruzione, dell’Università e della Ricerca- MIUR. Decreto 10 settembre 2010 – Definizione della di- sciplina dei requisiti e delle modalità della formazione iniziale degli insegnanti della scuola dell’infanzia, della scuola primaria e della scuola secondaria di primo e se- condo grado. Gazzetta Ufficiale della Repubblica Italiana, Roma, n. 24, 31/01/2011.

ITÁLIA. Ministero dell’Istruzione, dell’Università e della Ricerca- MIUR. Decreto 16 novembre 2012 – Regolamento curriculo scuole d’infanzia e del primo ciclo. Gazzetta Ufficiale della Repubblica Italiana, Roma, n. 30, 05/02/2013.

ITÁLIA. Ministero dell’Istruzione, dell’Università e della Ricerca. Promozione Teatro in Promozione Teatro in Classe. Roma: MIUR, 2015a.

ITÁLIA. Ministero dell’Istruzione, dell’Università e della Ricerca- MIUR. Legge 13 luglio 2015, n. 107 – Riforma del sistema nazionale di istruzione e formazione e delega per il riordino delle disposizioni legislative vigenti. Gazzetta Ufficiale della Repubblica Italiana, Roma, n. 175, 30/07/2015b.

ITÁLIA. Ministero dell’Istruzione, dell’Università e della Ricerca. Indicazione Strategiche Per L’utilizzo Didattico Delle Attività Teatrali a.s. 2016/2017 ‘Buona Scuola’. Roma: MIUR, 2016.

ITÁLIA. Ministero dell’Istruzione, dell’Università e della Ricerca. Orientamenti concernenti, il Piano Triennale dell’Offerta Formativa. ‘Buona Scuola’. Roma: MIUR, 2017.

LASCAR, Jackie. La danse à l’école – Pour une education artistique. Paris: L’Harmattan, 2000.

LOMBARDI, Lucia M. S. dos S. Sobre o teatro no curso de pedagogia. Trama Interdisciplinar, São Paulo, v. 6, n. 2, p. 116-129, maio/ago. 2015.

PANIGADA, Maria Grazia. Il teatro a scuola – la formazione teatrali degli insegnanti in Italia. In.: BERNARDI, Claudio et al. I fuoriscena – Esperienze i reflessioni sulla drammaturgia nel sociale. Milano: Euresis, 2000. P. 219-254.

PERISSINOTTO, Loredana. Animazione teatrale – Le idee, i luoghi, i protagonista. Roma: Carocci, 2004.

PERISSINOTTO, Loredana; TESTA, Giorgio (Org.). Scena Educazione – Per un rapporto organico tra scuola e teatro. Torino: ETI-Agita, 1995.

PUPO, Maria Lúcia de Souza Barros. Luzes sobre o espectador: artistas e docentes em ação. Revista Brasileira de Estudos da Presença, Porto Alegre, v. 5, n. 2, p. 330-355, maio/ago. 2015.

SANTANA, Arão Paranaguá de. Teatro e formação de professores. São Luís: Editora da UFMA, 2010.

SCABIA, Giuliano; CASINI-ROPA, Eugenia. L’animazione Teatrale. Rimini: Guaraldi, 1978.

SMITH-AUTARD, Jacqueline. The Art of Dance in Education. London: A&CBlack, 1994.

SOUZA, Ana Paula A.; FERREIRA, Mirza. Um olhar sobre o ensino da dança nos cursos de pedagogia. Trama Interdisciplinar, São Paulo, v. 6, n. 2, p. 130-144, maio/ago. 2015.

UNESCO. Hoja de ruta para la educación artística. Lisboa: UNESCO, 2006.

UNESCO. La Agenda de Seoul: objetivos para el desarrollo de la educación artística. Seul: UNESCO, 2010.

ZAGATTI, Franca. La danza educativa – Principi metodologici e itinerari operativi per l’espressione artistica del corpo nella scuola. Bologna: Mousikè, 2004.

Publicado

2020-03-11

Como Citar

Ferreira, T. (2020). Artes da cena e educação: um comparativo entre Brasil e Itália. Revista Brasileira De Estudos Da Presença, 10(2), 01–33. Recuperado de https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/88392

Edição

Seção

Outros Temas