Artes da cena e educação: um comparativo entre Brasil e Itália

Taís Ferreira

Resumo


Este artigo de cunho comparativo busca relacionar os modos de fazer, pensar e organizar o teatro e a dança nas escolas no Brasil e na Itália. O estudo tem como objetivo ampliar os horizontes de possibilidades de compreensão da inserção das artes da cena na educação regular. Para tanto, são analisados documentos de órgãos oficiais europeus e brasileiros, bem como é realizada uma revisão bibliográfica que situa o teatro e a dança nos campos educacionais dos dois países.

Palavras-chave


teatro; dança; escola; Brasil; Itália

Texto completo:

ACESSO / ACCESS / ACCÈS

Referências


BRASIL. Gabinete da Presidência. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei N. 9.394 de 20 de dezembro de 1996. Diário Oficial da União, Brasília, 1996. Available at: . Accessed on: 1 November 2018.

BRASIL. Secretaria de Educação Básica. Parâmetros curriculares nacionais: Arte. Ensino Fundamental, Séries Iniciais, Livro 6. Brasília: MEC/SEF, 1997.

BRASIL. Secretaria de Educação Básica. Parâmetros curriculares nacionais: Arte. Ensino Fundamental, Séries Finais, Livro 7. Brasília: MEC/SEF, 1998.

BRASIL. Secretaria de Educação Básica. Parâmetros curriculares nacionais: Linguagens, códigos e suas tecnologias. Ensino Médio, Parte II. Brasília: MEC/SEF, 2000.

BRASIL. Lei n. 13.006, de 26 de junho de 2014. Acrescenta § 8º ao art. 26 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para obrigar a exibição de filmes de produção nacional nas escolas de educação básica. Diário Oficial da União, Brasília, 2014. Available at: . Accessed on: 2 June 2018.

BRASIL. Gabinete da Presidência. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei N. 13.278 de 02 de maio de 2016. Diário Oficial da União, Brasília, 2016.

BRASIL. Secretaria de Educação Básica. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC/SEF, 2018.

DELDIME, Roger. Le quatrième mur – Regards sociologiques sur la relation théâtrale. Bruxelles: Editions Promotion Théâtre, 1990.

EURIDYCE. L’éducation artistique et culturelle à l’école en Europe. Bruxelles: EACEA, 2009.

FERREIRA, Taís; MARIOT, Marcio P. Normativas educacionais para o ensino de teatro no Brasil e na Itália: um exercício reflexivo-comparativo. Urdimento, Florianópolis, v. 1, n. 34, p. 96-109, 2019.

FERREIRA, Taís. Professores/as de teatro e dança brasileiros/as como espectadores/as. 2017. 301 f. Tese (Doutorado em Artes Cênicas e Dottorato Arti Visive) – Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas; Dottorato Arti Visive, Performative, Mediali, Universidade Federal da Bahia; Università di Bologna, Salvador; Bologna, 2017.

GIACCHÈ, Piergiorgio. Lo spettatore partecipante – Contributi per una antropologia del teatro. Milano: Guerini, 1991.

GUCCINI, Gerardo et al. (Org.). Le partenariat: une voie européenne pour la formation théâtrale des enseignants. Nantes: Project Européen T.E.A.T.R.E, 2001.

INEP. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Censo Escolar da Educação Básica 2013: resumo técnico. Brasília: INEP, 2014. Available at: . Accessed on: 18 September 2019.

ITÁLIA. Ministero dell’Istruzione, dell’Università e della Ricerca- MIUR. Decreto 10 settembre 2010 – Definizione della di- sciplina dei requisiti e delle modalità della formazione iniziale degli insegnanti della scuola dell’infanzia, della scuola primaria e della scuola secondaria di primo e se- condo grado. Gazzetta Ufficiale della Repubblica Italiana, Roma, n. 24, 31/01/2011.

ITÁLIA. Ministero dell’Istruzione, dell’Università e della Ricerca- MIUR. Decreto 16 novembre 2012 – Regolamento curriculo scuole d’infanzia e del primo ciclo. Gazzetta Ufficiale della Repubblica Italiana, Roma, n. 30, 05/02/2013.

ITÁLIA. Ministero dell’Istruzione, dell’Università e della Ricerca. Promozione Teatro in Promozione Teatro in Classe. Roma: MIUR, 2015a.

ITÁLIA. Ministero dell’Istruzione, dell’Università e della Ricerca- MIUR. Legge 13 luglio 2015, n. 107 – Riforma del sistema nazionale di istruzione e formazione e delega per il riordino delle disposizioni legislative vigenti. Gazzetta Ufficiale della Repubblica Italiana, Roma, n. 175, 30/07/2015b.

ITÁLIA. Ministero dell’Istruzione, dell’Università e della Ricerca. Indicazione Strategiche Per L’utilizzo Didattico Delle Attività Teatrali a.s. 2016/2017 ‘Buona Scuola’. Roma: MIUR, 2016.

ITÁLIA. Ministero dell’Istruzione, dell’Università e della Ricerca. Orientamenti concernenti, il Piano Triennale dell’Offerta Formativa. ‘Buona Scuola’. Roma: MIUR, 2017.

LASCAR, Jackie. La danse à l’école – Pour une education artistique. Paris: L’Harmattan, 2000.

LOMBARDI, Lucia M. S. dos S. Sobre o teatro no curso de pedagogia. Trama Interdisciplinar, São Paulo, v. 6, n. 2, p. 116-129, maio/ago. 2015.

PANIGADA, Maria Grazia. Il teatro a scuola – la formazione teatrali degli insegnanti in Italia. In.: BERNARDI, Claudio et al. I fuoriscena – Esperienze i reflessioni sulla drammaturgia nel sociale. Milano: Euresis, 2000. P. 219-254.

PERISSINOTTO, Loredana. Animazione teatrale – Le idee, i luoghi, i protagonista. Roma: Carocci, 2004.

PERISSINOTTO, Loredana; TESTA, Giorgio (Org.). Scena Educazione – Per un rapporto organico tra scuola e teatro. Torino: ETI-Agita, 1995.

PUPO, Maria Lúcia de Souza Barros. Luzes sobre o espectador: artistas e docentes em ação. Revista Brasileira de Estudos da Presença, Porto Alegre, v. 5, n. 2, p. 330-355, maio/ago. 2015.

SANTANA, Arão Paranaguá de. Teatro e formação de professores. São Luís: Editora da UFMA, 2010.

SCABIA, Giuliano; CASINI-ROPA, Eugenia. L’animazione Teatrale. Rimini: Guaraldi, 1978.

SMITH-AUTARD, Jacqueline. The Art of Dance in Education. London: A&CBlack, 1994.

SOUZA, Ana Paula A.; FERREIRA, Mirza. Um olhar sobre o ensino da dança nos cursos de pedagogia. Trama Interdisciplinar, São Paulo, v. 6, n. 2, p. 130-144, maio/ago. 2015.

UNESCO. Hoja de ruta para la educación artística. Lisboa: UNESCO, 2006.

UNESCO. La Agenda de Seoul: objetivos para el desarrollo de la educación artística. Seul: UNESCO, 2010.

ZAGATTI, Franca. La danza educativa – Principi metodologici e itinerari operativi per l’espressione artistica del corpo nella scuola. Bologna: Mousikè, 2004.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


REVISTA BRASILEIRA DE ESTUDOS DA PRESENÇA - Brazilian Journal on Presence Studies - e-ISSN 2237-2660 - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brasil - http://www.seer.ufrgs.br/presenca

 

       

 

 

Crossref Similarity Check logo

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.