ATIVIDADES DIGITAIS, A TEORIA DOS CAMPOS CONCEITUAIS E O DESENVOLVIMENTO DOS CONCEITOS DE PROPORCIONALIDADE

Autores

  • Leandra Anversa Fioreze UNIFRA
  • Dante Barone UFRGS
  • Marcos Basso UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.14691

Palavras-chave:

proporcionalidade, atividades digitais, campos conceituais, engenharia didática

Resumo

Este trabalho enfoca alguns resultados parciais de uma proposta de investigação do processo de construção dos conceitos de Proporcionalidade na resolução de situaçõesproblemas
utilizando atividades digitais. A base teórica para esta análise é a Teoria dos Campos Conceituais, de Gerard Vergnaud, sendo a área de atuação alunos da oitava série da educação básica. Para esta intervenção, foi utilizada a Engenharia Didática, pois é uma metodologia que valoriza as relações de dependência entre a dimensão teórica e a prática da pesquisa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-06-30

Como Citar

FIOREZE, L. A.; BARONE, D.; BASSO, M. ATIVIDADES DIGITAIS, A TEORIA DOS CAMPOS CONCEITUAIS E O DESENVOLVIMENTO DOS CONCEITOS DE PROPORCIONALIDADE. RENOTE, Porto Alegre, v. 6, n. 1, 2008. DOI: 10.22456/1679-1916.14691. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/14691. Acesso em: 15 ago. 2022.