Pausa, Presença, Público: da dança-teatro à performance-oficina

Autores

  • Ciane Fernandes UFBA - Universidade Federal da Bahia. Salvador - BA

Palavras-chave:

Pausa dinâmica, Presença, Relação artista-espectador, Performance, Sintonia somática

Resumo

O texto discute a tendência à paragem ou pausa dinâmica na cena contemporânea como uma busca por sintonia somática, numa atitude de contracultura e transformação. Em meio ao império do signo e do simulacro, a paragem ativa o fluxo interno e as conexões coletivas rumo à presença e inte(g)ração criativa com o meio. A partir de uma revisão histórica, de um debate teórico (Foster, Lacan, Ferál, Da Costa) e exemplos das artes cênicas, visuais, música e eventos da vida contemporânea – como catástrofes naturais e seu desdobramento midiático –, buscamos trazer uma reflexão acerca das prioridades e do papel do artista-pesquisador na contemporaneidade.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ciane Fernandes, UFBA - Universidade Federal da Bahia. Salvador - BA

Performer e coreógrafa, professora da Escola de Teatro e do Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da Universidade Federal da Bahia, mestre e
Ph.D. em Artes & Humanidades para Intérpretes das Artes Cênicas pela New York University, pós-doutora em Comunicação e Cultura Contemporâneas pela Faculdade de Comunicação da UFBA, e Analista de Movimento pelo Laban/Bartenieff Institute of Movement Studies, New York, de
onde é pesquisadora associada.

Publicado

2011-06-30

Como Citar

Fernandes, C. (2011). Pausa, Presença, Público: da dança-teatro à performance-oficina. Revista Brasileira De Estudos Da Presença, 1(1), 66–95. Recuperado de https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/22231

Edição

Seção

Estudos da Presença