Sobre a Revista

Notícias

Culturas Populares - CHAMADA DE ARTIGOS

2022-11-07

REVISTA BRASILEIRA DE ESTUDOS DA PRESENÇA

Revista Brasileira de Estudos de Presença

 

Culturas Populares

 

CHAMADA DE ARTIGOS

 

A Revista Brasileira de Estudos da Presença [Brazilian Journal on Presence Studies], periódico eletrônico de acesso livre e revisão por pares, sem taxas de submissão ou publicação, receberá, até 31 de janeiro de 2023, artigos inéditos dentro do escopo do tema CULTURAS POPULARES.

Cultura Popular é um termo de vaga definição e de algumas controvérsias que o seu plural Culturas populares tampouco dá conta de resolver. Não obstante, o que talvez este último possa propor são delimitações mais consensuais ou partilhadas por diferentes modos de pensar e se experimentar nos pluriversos que aduzem a tais termos. Uma vez que, ao menos, remete a uma pluralidade de sentidos. Sabemos que no âmbito das Artes, da Literatura, da História, da Antropologia, da Sociologia e de tantas outras disciplinas há diferentes modos de circunscrever o termo cultura, o que se entende por popular e, da mesma forma, a reunião de ambos na expressão Culturas Populares. A proposição de tal temática pretende, justamente, colocar em foco essas várias possibilidades de lidar com tal temática, de forma tão abrangente quanto possível.

Neste sentido, os artigos para esta seção podem tratar tanto das questões terminológicas, dos limites e possibilidades das pesquisas que usam, quanto daquelas que criticam o uso de tais termos. Além disso, trata-se de pensar o amplo espectro de práticas, performances, corporeidades, pedagogias e outras atividades circunscritas na dimensão do popular.

Como a noção de cultura (s)  popular(es) tem sido problematizada nas pesquisas? Como as culturas populares são espaço para práticas paradoxais? Como culturas específicas usam os corpos, os costumes e as diferentes condutas para expressar suas preocupações, seus conflitos, suas necessidades? Como políticas públicas se relacionam às culturas populares? Quais pedagogias as culturas populares implicam? Quais atravessamentos de etnia, gênero, sexualidade, classe social, culturas populares específicas dão a ver? Como o sistema das artes se apropria ou não de diferentes culturas populares? Como as culturas populares de determinado local sobrevivem e se relacionam com as formas contemporâneas do capitalismo?

Esta chamada busca artigos inéditos que apresentem resultados originais de pesquisas no campo das performances, das artes da presença, das artes corporais, das práticas performativas e similares, visando a problematização e o debate característico do mundo da pesquisa.

A seção CULTURAS POPULARES abre espaço para artigos que explorem o tema a partir de diferentes perspectivas teóricas e metodológicas, especialmente alinhadas à Ciência Aberta. Nesse sentido, os autores e autoras podem apresentar artigos que trabalhem com culturas populares, considerando um ou mais dos seguintes tópicos, ou outros relacionados:

- Dança, teatralidade, performance e culturas populares;

- Teatro ritual e cultura popular;

- Racismo, conservadorismo e culturas populares;

- Sexualidades, gêneros e culturas populares;

- Culturas populares e processos de criação;

- Culturas populares, história, memória e arquivo;

- Performance, performatividade e culturas populares;

- Folclore, performance e culturas populares;

- Culturas populares e políticas públicas;

- Culturas populares e Educação;

- Sistema das Artes e culturas populares;

- Culturas populares e populações vulneráveis;

- Culturas populares e fobias LGBTQIA+; - Culturas populares e a cena contemporânea.

 

Assim, a Revista A Brasileira de Estudos da Presença espera receber trabalhos resultantes de estudos e pesquisas que abordem o tema de alguma forma ou que envolvam o campo das artes cênicas e das culturas populares, ponto de partida para uma discussão mais ampla sobre temas relacionados.

 

As submissões devem estar de acordo com os padrões da revista e serem postadas diretamente em nosso sistema de submissão, para passar pelo nosso processo geral de avaliação.

 

Para submeter um artigo a esta chamada é fundamental selecionar a seção correspondente (Culturas populares). Lembramos que o periódico não cobra taxas de submissão, nem de publicação e utiliza o sistema duplo-cego de revisão por pares. O texto pode ser enviado em português, espanhol, inglês ou francês e será publicado em duas línguas. Será solicitado aos autores e autoras que enviarem textos em português ou espanhol (e àqueles[as] lusófonos) que enviem uma tradução em inglês como condição para a publicação dos artigos, uma vez aprovados. A tradução deverá ser realizada por tradutor indicado pela revista e às custas do (a) autor (a). A revista providencia tradução para o português de artigos enviados em inglês ou francês, desde que os autores e as autoras sejam nativos (as) desses idiomas e caso haja recursos financeiros disponíveis no período da edição. Maiores informações podem ser encontradas em nosso website, www.seer.ufrgs.br/presenca; nossas diretrizes podem ser visualizadas em “Diretrizes para Autores”.

Saiba mais sobre Culturas Populares - CHAMADA DE ARTIGOS

Edição Atual

v. 12 n. 4 (2022): Out./Dez. 2022
					Visualizar v. 12 n. 4 (2022): Out./Dez. 2022
Publicado: 2022-10-27

Poéticas negras na cena contemporânea

Ver Todas as Edições