Mídia e Público: aproximações e diferenças discursivas em práticas participativas

Autores

  • Francilaine Munhoz Moraes Universidade de Brasília (UnB)
  • Zélia Leal Adghirni Universidade de Brasília

DOI:

https://doi.org/10.19132/1807-8583201534.589-605

Palavras-chave:

Participação do público. Mídia. Convergência. Jornalismo. Análise de discurso crítica.

Resumo

O objetivo deste artigo é analisar aproximações e diferenças discursivas entre mídia e público em processos de práticas participativas contemporâneas. Em estudo de caso, o foco são os modos como os atores se comportam discursivamente diante de tema compartilhado. A combinação de Hermenêutica de Profundidade e Análise de Discurso Textualmente Orientada compõe o desenho metodológico. Principais resultados: a mídia recorre ao gênero reportagem, segue modelos canônicos da narrativa noticiosa, pautada pela impessoalidade; os textos do público indicam movimentos retóricos em recorrência ao gênero relato pessoal, em abordagens biográficas, em que se ressaltam a pessoalidade e o pertencimento às histórias narradas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francilaine Munhoz Moraes, Universidade de Brasília (UnB)

Doutora em Comunicação, Faculdade de Comunicação, Universidade de Brasília (UnB)

Zélia Leal Adghirni, Universidade de Brasília

Jornalista e doutora em Ciências da Informação e da Comunicação pela Universidade Stendhal, Grenoble 3, França. Pós-doutoramento na Universidade de Rennes 1, França (2000). Professora aposentada da Universidade de Brasília (UnB)

Downloads

Publicado

2015-12-17

Como Citar

Moraes, F. M., e Z. L. Adghirni. “Mídia E Público: Aproximações E diferenças Discursivas Em práticas Participativas”. Intexto, nº 34, dezembro de 2015, p. 589-05, doi:10.19132/1807-8583201534.589-605.