Diagnóstico e tratamento das Bronquiectasias: uma atualização

Paulo de Tarso Roth Dalcin, Christiano Perin, Sérgio Saldanha Menna Barreto

Abstract


O termo bronquiectasia refere-se à dilatação anormal e irreversível dos brônquios. Atualmente, nos países desenvolvidos, onde a maior parte das bronquiectasias é atribuída a doenças sistêmicas, como a fibrose cística e as imunodeficiências primárias, têm-se observado uma diminuição progressiva da incidência dessa doença. Entretanto, em países em desenvolvimento, com menores recursos de saúde, as bronquiectasias pós-infecciosas continuam sendo um importante e freqüente problema de saúde pública. A tomografia computadorizada de alta resolução melhorou a eficácia diagnóstica nas bronquiectasias permitindo o diagnóstico mais precoce dessa entidade. A base do tratamento das bronquiectasias inclui tratar a causa específica quando possível, administrar antibióticos para tratamento da exacerbação e para supressão da carga microbiana, reduzir a excessiva resposta inflamatória, promover a higiene brônquica, controlar a hemorragia brônquica e remover cirurgicamente segmentos ou lobos extremamente danificados que possam se constituir em focos de infecção ou sangramento. Esta revisão aborda aspectos relevantes da patogênese, etiologia e diagnóstico das bronquiectasias e realiza uma atualização da terapêutica disponível.

Keywords


Bronquiecstasia; Diagnóstico; Terapia



Copyright (c)



ISSN: 2357-9730 

http://seer.ufrgs.br/hcpa/

   

  

 

Apoio Financeiro:

  

 

Licença Creative Commons
The Clinical & Biomedical Research is licenced under Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.