Fibrose Cistica - Uma Introdução

Autores

  • Fernando Antonio de Abreu e Silva
  • Paulo de Tarso Roth Dalcin Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA); Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Palavras-chave:

fibrose cística, equipe multidisciplinar, centro de fibrose cística

Resumo

A fibrose cística (FC) completa 73 anos de história desde a sua descrição inicial. Foi a Dra. Dorothy Andersen – uma patologista no Babies’ and Children Hospital at Columbia Presbyterian Medical Center em Nova Iorque que publicou estudo em 1938 (fibrose cística do pâncreas e suas relações com a doença celíaca) que reconheceu a doença como entidade específica1. Esta doença, caracterizada como irreversível, tem sofrido grande impacto em termos de prognóstico desde a sua descrição sindrômica inicial. Até os anos 50, era uma doença devastadora com sobrevida média de menos de um ano de vida. Antes dos anos 70, a grande maioria dos pacientes não ultrapassava a adolescência. Em 1985, a mediana de sobrevida já atingia 27 anos. A partir de 1996, a mediana de sobrevida em muitos países atingiu 31 anos. A partir de 2005, a mediana de sobrevida atingiu 37 anos. Mais recentemente, a expectativa média de vida para os pacientes que nasceram na década de 90 é 42 anos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernando Antonio de Abreu e Silva

Departamento de Pediatria da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Paulo de Tarso Roth Dalcin, Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA); Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Pneumologista, responsável pelo Programa de Fibrose Cística do Adulto, Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA); Professor Associado, Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Downloads

Publicado

2011-07-27

Como Citar

1.
de Abreu e Silva FA, Dalcin P de TR. Fibrose Cistica - Uma Introdução. Clin Biomed Res [Internet]. 27º de julho de 2011 [citado 4º de fevereiro de 2023];31(2). Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/hcpa/article/view/21578

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)