OSTEODISTROFIA DE ALBRIGHT

Autores

  • Luciana Verçoza Viana Serviço de Endocrinologia, Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), RS, Brasil.
  • Saskia Costa de Bôer Serviço de Endocrinologia, Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), RS, Brasil.
  • Cristiane Kopacek Zilz Serviço de Endocrinologia, Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), RS, Brasil.
  • Tiago Schuch Serviço de Endocrinologia, Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), RS, Brasil.
  • Brenda Oliveira da Silva Serviço de Endocrinologia, Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), RS, Brasil.
  • Mauro Czepielewski Serviço de Endocrinologia, Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), RS, Brasil.
  • José Augusto Sisson de Castro Serviço de Endocrinologia, Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), RS, Brasil.
  • Sandra Pinho Silveiro Serviço de Endocrinologia, Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), RS, Brasil.
  • Regina Helena Elnecave Serviço de Endocrinologia, Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), RS, Brasi
  • Jorge Luiz Gross Serviço de Endocrinologia, Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), RS, Brasi

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-03-09

Como Citar

1.
Viana LV, de Bôer SC, Zilz CK, Schuch T, da Silva BO, Czepielewski M, Sisson de Castro JA, Silveiro SP, Elnecave RH, Gross JL. OSTEODISTROFIA DE ALBRIGHT. Clin Biomed Res [Internet]. 9º de março de 2020 [citado 3º de fevereiro de 2023];24(1). Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/hcpa/article/view/100891

Edição

Seção

Imagem Diagnóstica

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 5 > >>