Leitura de bonitezas: uma abordagem estética e ética para o ensino da arte brasileiro

Autores

  • Rita Bredariolli Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita — UNESP, São Paulo/SP

DOI:

https://doi.org/10.22456/2357-9854.75372

Palavras-chave:

Educação. Utopia. Resistência.

Resumo

O prefácio escrito por Imanol Aguirre para a 7ª. edição de “A Imagem no Ensino da Arte” já seria suficiente para a realização dos propósitos que movem este texto. No entanto, mesmo reconhecendo a precisão sensível e inteligível com a qual Aguirre define o trabalho de Ana Mae Barbosa e, especificamente, a Abordagem Triangular, seguiremos nosso intento, mantendo a interlocução com esse seu belo texto. Apresentaremos aqui uma leitura dessa sistematização epistemo-crítica criada por Ana Mae Barbosa, em suas dimensões estética e ética, enfatizando, justamente a leitura, uma de suas ações integradoras. Para isso, serão incorporados a esta conversa, autores como Paulo Freire e Walter Benjamin, dentre outros pensadores fundamentais às reflexões expostas aqui sobre educação, utopia e resistência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rita Bredariolli, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita — UNESP, São Paulo/SP

Doutora em Artes, linha de pesquisa Teoria, Ensino e Aprendizagem pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP) e mestre pela mesma instituição. Possui Licenciatura e Bacharelado em Educação Artística com habilitação em Artes Plásticas pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Atualmente é professora Assistente Doutora do Instituto de Artes da Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho" (IA – UNESP) e coordenadora do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Imagem, História e Memória, Mediação, Arte e Educação (GPIHMAE). Foi bolsista CAPES do Programa de Estágio Pós-Doutoral no Exterior, realizando sua pesquisa no Program in Art and Art Education do Teachers College, Columbia University. Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Artes Visuais, atuando principalmente nos seguintes temas: imagem, memória, história, arte e educação. 

Referências

ADICHIE, Chimamanda Ngnozi. The danger of a single story. 2009. Disponível em: <http://www.ted.com/talks/chimamanda_adichie_the_danger_of_a_single_story>. Acesso: 23 fev. 2017.

AGUIRRE, Imanol. Ana Mae Barbosa: ou como navegar entre a Fidelidade a um ideário e a “Incessante busca por mudança”. In: BARBOSA, Ana Mae. A imagem no ensino da arte: anos 1980 e novos tempos. 7ª. ed. rev. São Paulo: Perspectiva, 2009.

BARBOSA, Ana Mae. Teoria e prática da Educação Artística. São Paulo: Cultrix, 1975.

BARBOSA, Ana Mae. A imagem no ensino da arte: anos 1980 e novos tempos. São Paulo: Perspectiva, 1991.

BARBOSA, Ana Mae. Tópicos utópicos. Belo Horizonte: C/arte, 1998.

BARBOSA, Ana Mae. São Paulo, 26 jan. 2007. Entrevista concedida a Rita Bredariolli.

BARBOSA, Ana Mae. A imagem no ensino da arte: anos 1980 e novos tempos. 7ª. ed. rev. São Paulo: Perspectiva, 2009.

BARBOSA, João Alexandre. Pós-moderno & Literatura: Italo Calvino: leitura de conferência por escrever. In: CHALHUB, Samira (Org.). Pós-Moderno & semiótica, cultura, psicanálise, literatura, artes plásticas. Rio de Janeiro: Imago Editora, 1994.

BENJAMIN, Walter. Origem do drama trágico alemão. Tradução de João Barrento. Lisboa: Assírio & Alvim, 2004.

BENJAMIN, Walter. Passagens. 2ª. reimp. Tradução de Irene Aron, Cleonice Paes Barreto Mourão. Belo Horizonte: Editora UFMG; São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2009.

BENJAMIN, Walter. Sobre la facultad mimética. In: MURENA, Héctor Álvarez. Ensayos escogidos. Buenos Aires, 2010.

BREDARIOLLI, Rita Luciana Berti. Ao revés do 'pós': variações sobre temas de arte e educação. São Paulo: Editora Unesp. 2013.

BREDARIOLLI, Rita Luciana Berti. Choque e formação: sobre a origem de uma proposta para o ensino da arte. In: BARBOSA, Ana Mae; CUNHA, Fernanda Pereira da (Org.). Abordagem Triangular no ensino das artes e culturas visuais. São Paulo: Cortez, 2010.

DEWEY, John. Arte como experiência. Tradução de Vera Ribeiro. São Paulo: Martins Fontes, 2010.

DIDI-HUBERMAN, Georges. O que vemos, o que nos olha. Tradução de Paulo Neves. São Paulo: Editora 34, 2005.

DIDI-HUBERMAN, Georges. A sobrevivência dos vagalumes. Tradução de Vera Casa Nova, Márcia Arbex. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2011.

DIDI-HUBERMAN, Georges. Atlas ou a Gaia ciência inquieta. Tradução de Renata Correia Botelho, Rui Pires Cabral. Lisboa: KKYM, 2013.

DIDI-HUBERMAN, Georges. Falenas: ensaios sobre a aparição, 2. Tradução de António Preto, Eduardo Brito, Mariana Pinto dos Santos, Rui Pires Cabral, Vanessa Brito. Lisboa: KKYM, 2015.

FREIRE, Paulo. A importância do ato de ler: em três artigos que se completam. 41ª. ed. São Paulo: Cortez, 2001.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 2010.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da indignação: cartas pedagógicas e outros escritos. Editora Unesp. São Paulo, 2000. Disponível em: <http://plataforma.redesan.ufrgs.br/biblioteca/pdf_bib.php?

COD_ARQUIVO=17339> . Acesso: 23 fev. 2017.

GAGNEBIN, Jeanne Marie (Org.). Escritos sobre mito e linguagem. São Paulo: Ed. 34, 2011.

GAGNEBIN, Jeanne Marie. Limiar, aura e rememoração: ensaios sobre Walter Benjamin. São Paulo: Ed. 34, 2014.

GAGNEBIN, Jeanne Marie. Do conceito de Darstellung em Walter Benjamin ou verdade e beleza. Kriterion, Belo Horizonte, v. 46, n. 112, Dec. 2005. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.1590/S0100-512X2005000200004>. Acesso: 23 fev. 2017.

GAGNEBIN, Jeanne Marie. Walter Benjamin: estética e experiência histórica. In: ALMEIDA, Jorge de; BADER, Wolfgang (Org.). Pensamento alemão no século XX: grandes protagonistas e recepção das obras no Brasil. Coleção Ensaios, v. 2. São Paulo: Cosac Naify, 2009.

LAGES, Susana Kampff. Walter Benjamin: tradução e melancolia. São Paulo: Edusp, 2007.

MATOS, Olgária Chaim Féres. A rosa de Paracelso. In: NOVAES, Adauto (Org.). Tempo e História. 2ª. reimpr. São Paulo: Companhia das Letras, 1996.

SELIGMANN-SILVA, Márcio (Org.). Memória, história, literatura: o testemunho na era das catástrofes. Campinas: Ed. Unicamp, 2003.

SELIGMANN-SILVA, Márcio. Cuando la teoria reencuentra el campo visual: los pasajes de Walter Benjamin. In: VEDDA, Miguel (Comp.). Constelaciones dialéticas: tentativas sobre Walter Benjamin. Buenos Aires: Herramienta, 2008.

SELIGMANN-SILVA, Márcio. Double Blind: Walter Benjamin, a tradução como modelo de criação absoluta e como crítica. Seligmann-Silva, Márcio (Org.). Leituras de Walter Benjamin. 2ª. ed. ver. amp. São Paulo: Annablume, 2007.

Downloads

Publicado

2017-08-31

Como Citar

BREDARIOLLI, R. Leitura de bonitezas: uma abordagem estética e ética para o ensino da arte brasileiro. Revista GEARTE, [S. l.], v. 4, n. 2, 2017. DOI: 10.22456/2357-9854.75372. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/gearte/article/view/75372. Acesso em: 7 ago. 2022.

Edição

Seção

Abordagem Triangular: territórios e perspectivas Arte/Educativas