Isovistas aplicadas à localização de unidades de informação para mobilidade de pedestres

Autores

  • Adriana Cristina da Silva Souza Programa de Pós-Graduação em Transportes Departamento de Engenharia Civil e Ambiental Universidade de Brasília
  • Pastor Willy Gonzales Taco Programa de Pós-Graduação em Transportes Departamento de Engenharia Civil e Ambiental Universidade de Brasília
  • Ana Catarina Ferreira Lima Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Universidade de Brasília
  • Elisangela Aparecida Machado da Silva Universidade de Brasília

Palavras-chave:

Pedestres, Isovistas, Unidade de Informação, Mobilidade Urbana.

Resumo

Na mobilidade urbana, um dos fatores mais desencorajadores dos deslocamentos dos pedestres é a falta de informações do espaço urbano. A disponibilidade adequada de informações espaciais, tais como rotas de deslocamento a pé e proximidade de pontos de parada, proporciona melhoria na qualidade dos deslocamentos e fomenta a apropriação dos espaços públicos. Informações, quando bem localizadas, geram clareza e visibilidade do espaço urbano construído, otimizando e integrando os deslocamentos dos pedestres ao sistema de transportes. Assim, foi desenvolvido um método para identificar a localização espacial de unidades de informação para pedestres (UnIsP) utilizando a ferramenta da Sintaxe Espacial, a análise das isovistas e o software Depthmap. O método foi aplicado na Estação Praça do Relógio do metrô de Brasília, DF, e possibilitou identificar os pontos de maior potencialidade e visibilidade para a localização das UnIsP, subsidiando intervenções urbanas para integrar os deslocamentos dos pedestres ao sistema de transportes. Ainda, o método pode ser aplicado, com as devidas adaptações, aos terminais e aos pontos de parada dos demais modos de transporte público.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elisangela Aparecida Machado da Silva, Universidade de Brasília

Doutora e mestre em transportes pela Universidade de Brasília - UnB. Bacharel em geografia pela Universidade Federal de Uberlândia - UFU. Possui MBA em Gestão de Turismo e Hotelaria. Pesquisa e realiza estudos na área de desenvolvimento territorial, transportes e turismo, com ênfase na identificação de indicadores. Há 25 anos atua como docente nos cursos de graduação e pós-graduação de turismo e geografia. Foi consultora técnica do Ministério do Turismo, no projeto PRODETUR, em cooperação com o Banco Interamericano de Desenvolvimento - BID e por oito anos esteve coordenadora de projetos em turismo no Centro de Excelência em Turismo - CET/UnB. Atuou como pesquisadora no projeto de Monitoramento do Legado das Obras da Copa em Brasília, no Laboratório de Infraestrutura, Infralab-UnB. Atualmente é pesquisadora de pós-doutorado no Programa de Pós-graduação em Transportes, PPGT-UnB e Co-líder do Grupo de Pesquisa Transporte, Turismo e Desenvolvimento Econômico - GPTTDe.


Downloads

Publicado

2020-10-07

Edição

Seção

Artigos