Métodos e instrumentos de apoio ao codesign no processo de projeto de edifícios

Michele Caroline Bueno Ferrari Caixeta, Márcio Minto Fabricio

Resumo


O envolvimento efetivo dos usuários no processo de projeto (PP) traz diversos benefícios para esse processo, como a captura de suas reais necessidades e a legitimação das decisões de projeto, dentre outras descritas na literatura. Entretanto, os métodos e instrumentos para o emprego do codesign no PP ainda são incipientes e pouco divulgados, o que dificulta a disseminação dessa abordagem. O objetivo do presente artigo é, portanto, levantar métodos e instrumentos já utilizados em codesign com usuários, por meio de revisão bibliográfica e estudos de caso em empresas de projeto de arquitetura. Os resultados apontam a importância dos métodos e instrumentos, e que a principal questão metodológica do codesign é promover uma linguagem comum no projeto, para que tanto usuários quanto profissionais de projeto possam entender e se expressar. Apontam ainda que o codesign é importante nas etapas iniciais do PP, em que os métodos e instrumentos foram empregados. A pesquisa contribui para enriquecer a literatura disponível sobre o assunto e disseminá-la para os arquitetos, projetistas e pesquisadores, facilitando a comunicação entre usuários e equipe de profissionais no PP, na busca pela melhoria da qualidade do processo e do edifício projetado.


Palavras-chave


Edifícios; Processo de Projeto; Co-Design; Métodos e Instrumentos.

Texto completo:

HTML




Direitos autorais 2017 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Apoio:

Indexado em: