Desempenho térmico e absortância solar de telhas de fibrocimento sem amianto submetidas a diferentes processos de envelhecimento natural

Autores

  • Thamys da Conceição Costa Coelho Universidade Estadual de Campinas
  • Carlos Eduardo Marmorato Gomes Universidade Estadual de Campinas
  • Kelen Almeida Dornelles Universidade de São Paulo (USP)

Palavras-chave:

Carbonatação, Eflorescência, Termografia, Desempenho Térmico

Resumo

As telhas de fibrocimento, ao longo de sua vida útil, passam por três processos de envelhecimento natural que podem alterar a absortância solar de sua superfície e o seu desempenho térmico: a carbonatação, a eflorescência e o desenvolvimento de fungos. Com o objetivo de identificar o impacto desses processos sobre sua absortância e seu desempenho térmico, esta pesquisa incluiu três etapas: a) determinação dos processos de envelhecimento natural em telhas com idades de 28 dias e após 36 meses de exposição; b) medição de temperaturas superficiais por termografia; e c) ensaios de refletância com espectrofotômetro para cálculo da absortância solar. Os resultados indicaram que, após 36 meses de envelhecimento natural, a carbonatação reduziu as absortâncias e as temperaturas superficiais das telhas quando comparadas com as telhas novas de 28 dias. Entretanto, as telhas com fungos após 36 meses apresentaram aumento nas absortâncias e temperaturas superficiais, indicando que a presença de fungos pode incrementar os ganhos de calor solar pelas edificações. Os resultados comprovam que os processos de envelhecimento natural de telhas de fibrocimento alteram consideravelmente seu desempenho térmico ao longo da vida útil de uma edificação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thamys da Conceição Costa Coelho, Universidade Estadual de Campinas

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP.

Carlos Eduardo Marmorato Gomes, Universidade Estadual de Campinas

Professor Doutor da Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP. Avenida Albert Einstein, 951
Cid. Univ. 13083-852 - Campinas, SP - Brasil - Caixa-postal: 6021 Telefone: (19) 35212314

Kelen Almeida Dornelles, Universidade de São Paulo (USP)

Professora do Instituto de Arquitetura e Urbanismo (IAU), Universidade de São Paulo (USP), Av. Trabalhador São-Carlense, 400 - Centro; CEP 13566-590, São Carlos - SP, Tel. 16 3373-9285

Downloads

Publicado

2016-12-02

Edição

Seção

Conforto e Eficiência Energética no Ambiente Construído