Avaliação termoacústica de habitações populares na vila tecnológica de Curitiba

Autores

  • Eduardo Leite Krüger Universidade Tecnológica Federal do Paraná
  • Paulo Henrique Trombetta Zannin Universidade Federal do Paraná

Palavras-chave:

desempenho térmico, desempenho acústico, moradia popular, sistemas construtivos, monitoramento térmico, monitoramento acústico

Resumo

O presente trabalho apresenta as avaliações de desempenho térmico e acústico realizadas em moradias populares construídas na Vila Tecnológica de Curitiba. Duas moradias, com sistemas construtivos diferenciados, foram avaliadas: (a) o sistema construtivo Batistella, composto de módulos e componentes pré-fabricados de madeira de reflorestamento; e (b) o sistema construtivo Constroyer, composto de painéis de EPS (poliestireno expandido) envolto em telas de aço eletrossoldadas e argamassa projetada. Os equipamentos utilizados nas medições de temperatura e umidade relativa foram armazenadores (dataloggers) de temperatura e umidade da marca HOBO, para dois períodos: inverno e verão. Cada moradia teve seus valores de transmitância térmica e atraso térmico calculados pela Norma de Desempenho Térmico para Habitações Unifamiliares de Interesse Social - ABNT NBR 02:135.07-002 (2005a). Para se avaliar o desempenho acústico das moradias, foram realizadas medições in situ do coeficiente de isolamento acústico das fachadas e do coeficiente de isolamento acústico das paredes divisórias entre cômodos. Para o desempenho térmico, observou-se que os materiais usados na envoltória passam a ser determinantes tanto nos ganhos/perdas de calor através dos elementos construtivos quanto em sua capacidade de armazenar e reter calor, tendo o sistema com maior inércia térmica apresentado os melhores resultados. Os resultados mostraram que ambos os sistemas apresentam um desempenho acústico muito ruim, caracterizado por um baixo valor do coeficiente de isolamento acústico da fachada. Contribuiu também para o baixo desempenho acústico da fachada o estado sofrível de conservação de portas e esquadrias (caixilhos).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-04-25

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

<< <