Antecedentes biopsicossociais do compartilhamento do saber

contribuições da Teoria da Troca Social para a gestão do conhecimento

Autores

DOI:

https://doi.org/10.19132/1808-5245284.119628

Palavras-chave:

Teoria da Troca Social, gestão do conhecimento, competição, cooperação, compartilhamento de conhecimento

Resumo

Num contexto mercadológico hipercompetitivo e informacionalmente intensivo, gerenciar o conhecimento é vital. O conhecimento é uma criação da mente humana e representa poder simbólico para o detentor, resultando na necessidade de motivação para o seu compartilhamento. A Teoria da Troca Social versa sobre os mecanismos envolvidos nas relações de troca de benefícios entre sujeitos, destacando a reciprocidade, o trabalho em grupo e o altruísmo como forças motivadoras. Enquanto a Filosofia discute interesses egocêntricos na relação do sujeito e coletividade, a biologia mostra o altruísmo como a chave do sucesso evolutivo. A psique humana é complexa, admitindo a coexistência da cooperação e da competição na partilha do conhecimento. Objetiva-se investigar o que motiva os humanos a compartilharem conhecimento, compreendendo as configurações e os aspectos mais destacados na literatura acadêmica sobre a interação entre a Teoria da Troca Social e a Gestão do Conhecimento. Como procedimentos metodológicos efetuou-se uma busca na base de dados Scopus sobre a interação entre a Teoria da Troca Social e a Gestão do conhecimento, realizando-se uma análise de co-ocorrência de palavras-chave, por meio do software VosViewer. Finalmente, foi feita uma análise qualitativa do significado das palavras-chave mais relevantes mediante os artigos mais citados. Como resultados, ressaltou-se as palavras-chave com maior afinidade na forma de agrupamentos, destacando os termos mais utilizados em cada agrupamento, para leitura e sumarização dos artigos mais citados que os continham. Os trabalhos mais citados mostraram a necessidade de criar estratégias motivacionais, formando um ambiente propício ao compartilhamento de conhecimento e mitigando o temor da perda de poder pessoal como consequência dessa partilha.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leonardo Pereira Pinheiro de Souza, Universidade Estadual Paulista

Doutorando em Ciência da Informação pela UNESP, campus de Marília. Mestre em Ciência da Inormação pela UNESP, campus de Marília. Pós-graduado lato sensu em Computação - Desenvolvimento de Software para a Web pela Universidade Federal de São Carlos. Graduado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas pela Faculdade Estadual de Tecnologia, FATEC - Garça.

Rafaela Carolina da Silva, Universidade Estadual Paulista

Doutoranda e Mestra em Ciência da Informação pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Unesp Marília, na Linha de Pesquisa Gestão, Mediação e Uso da Informação. Bolsista FAPESP. Foi bolsista CAPES. Membro do Grupo de Pesquisa Informação, Conhecimento e Inteligência Organizacional (ICIO). Membro do Grupo de Pesquisa Informação, Conhecimento e Inteligência Organizacional (ICIO). Membro do Centro Referencial de Propriedade Intelectual e Inovação em Ciência da Informação (CERPII). Fez estágio de pesquisa no exterior na Robert Gordon University, Escócia, Reino Unido (Setembro a Dezembro de 2016). Especialista em Psicopedagogia Institucional pela FUNDEPE, Marília/SP. Graduada em Biblioteconomia, onde também foi bolsista FAPESP. Atualmente dedica-se à pesquisa científica, trabalhando principalmente na interdisciplinaridade dos temas: Bibliotecas híbridas; Conceito de hibridez em bibliotecas; Desenvolvimento social; Gestão da informação; e Desenvolvimento de comunidades. 

Mariana Rodrigues Gomes de Mello, Universidade Estadual Paulista

Doutoranda pelo Programa em Ciência da Informação da Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho (UNESP), bolsista do CNPq. Mestre pelo mesmo programa e instituição. Especialista em Direito Público com capacitação para o Magistério Superior pela Faculdade Damásio de Jesus (Damásio Educacional). Ministrou aulas de História do Brasil Colônia e Império e História do Brasil Contemporâneo na forma de professora estagiária bolsista nos cursos de Biblioteconomia e Arquivologia (UNESP). Foi docente na Faculdade Católica Paulista nos cursos de Gestão de Produção Industrial, Gestão Financeira e Marketing, ministrando a disciplina Projeto Integrador I, II e III, auxiliando alunos no projeto de uma empresa. Atuou no curso de Ciências Contábeis, na mesma instituição, nas disciplinas: Instituições de Direito Público e Privado, Direito Tributário I, Direito Tributário II, Direito Empresarial e Ética e Cidadania. Lecionou História Geral (Antiga e Medieval) e Filosofia Geral no Colégio Criativo. É bacharel em Direito pelo Centro Universitário Eurípides Soares da Rocha (UNIVEM) e bacharel e licenciada em Filosofia (FAJOPA/UNESP). Foi professora efetiva PEB II em Filosofia na rede de ensino no Estado de São Paulo, onde além de Filosofia, lecionou História do Brasil e História Geral no Ensino Fundamental e Médio. Tem interesse por pesquisas em Epistemologia, sobretudo em Teoria Crítica e Teoria da Complexidade, relacionadas à Organização do Conhecimento e em Direitos Humanos, principalmente no que tange ao princípio da dignidade humana, como no caso de refugiados. Também se interessa por reflexões epistemológicas sobre verdade e pós-verdade relacionadas à Ciência da Informação e inovações em bibliotecas públicas, como forma de promoção à emancipação dos usuários.

 

Paulo Henrique Zago Júnior, Universidade Estadual Paulista

Mestrando em Ciência da Informação pela Universidade Estadual Paulista. Graduação em GESTÃO EMPRESARIAL pela FACULDADE DE TECNOLOGIA DO ESTADO DE SÃO PAULO, Brasil(2018) - FATEC Garça.

Cássia Regina Bassan de Moraes, Universidade Estadual Paulista

Docente do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação na Unesp - Marília - SP. Diretora da Faculdade Estadual de Tecnologia - FATEC Garça. Mestrado e Doutorado em Ciência da Informação pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho", Campus de Marília, graduação em Psicologia pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho", Campus de Assis. Atualmente exerce o cargo de Diretora da Faculdade de Tecnologia de Garça (FATEC - Garça).  Experiência na área de Psicologia Organizacional, atuando principalmente nos seguintes temas: administração; gestão de pessoas, cultura organizacional, comportamento, ambiente informacional, informação e gestão do conhecimento nas organizações. Membro do Grupo de Pesquisa "Informação, Conhecimento e Inteligência Organizacional" da FFC - Unesp-Marília.

Downloads

Publicado

2022-09-27

Como Citar

SOUZA, L. P. P. de; DA SILVA, R. C.; RODRIGUES GOMES DE MELLO, M.; ZAGO JÚNIOR, P. H.; BASSAN DE MORAES, C. R. Antecedentes biopsicossociais do compartilhamento do saber: contribuições da Teoria da Troca Social para a gestão do conhecimento. Em Questão, Porto Alegre, v. 28, n. 4, p. 119628, 2022. DOI: 10.19132/1808-5245284.119628. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/119628. Acesso em: 3 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos