Professores Como Agentes de Prevenção do Abuso Sexual Infantil

Rachel Brino, Lúcia Williams

Resumo


O enfoque do artigo foi a prevenção do abuso sexual infantil na área educacional. O
objetivo foi realizar e avaliar um programa de intervenção para professores no sentido
de capacitá-los a atuar como agentes de prevenção do abuso sexual infantil. Participaram
101 professores da Educação Infantil da rede municipal de ensino, 2.918 crianças,
alunos dos professores e 2.732 familiares das crianças. O programa foi elaborado a
partir de outras experiências avaliadas e descritas na literatura, e foi desenvolvido em
parceria com a Secretaria Municipal de Educação do município. Os professores
participaram de 12 encontros semanais ao longo de três meses e desenvolveram atividades
práticas com as crianças e os familiares acerca da prevenção do abuso sexual infantil. Os
dados da avaliação apontaram um impacto positivo na escola e na comunidade.

Palavras-chave


Sexualidade infantil – Abuso – Prevenção. Professor – Formação. Educação sexual.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo