Relação com o Saber na Escola em Tempo Integral

Maria Celeste Reis Fernandes Souza, Bernard Charlot

Resumo


O artigo apresenta resultados de um estudo cujo objetivo é compreender as relações que estudantes dos anos finais do Ensino Fundamental estabelecem com o saber e a escola em Tempo Integral. Os marcos teórico e metodológico são os estudos de Bernard Charlot sobre a relação com o saber. A análise evidencia o binômio proteção/educação, e a relação ampliação do tempo e aprendizagem com suas tensões e contradições. As conclusões apontam que o tempo integral não pode ser uma simples ampliação da escola atual, mas deve ser um espaço-tempo em que aprender tenha sentido, ofereça novas oportunidades culturais e não inviabilize projetos institucionais ou individuais que têm um real valor de formação.


Palavras-chave


Educação Integral. Escola em Tempo Integral. Relação com o Saber.

Texto completo:

Acesso ao artigo


Direitos autorais 2016

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo