A PRODUÇÃO CIENTÍFICA SOBRE O JIU-JÍTSU: ANÁLISE DOS ARTIGOS, TESES E DISSERTAÇÕES PUBLICADOS ENTRE 1996 E 2016

Lucas Vicentini, Renato Francisco Rodrigues Marques

Resumo


O objetivo deste trabalho foi analisar e descrever a produção científica relacionada ao jiu-jítsu, de modo a identificar tendências, lacunas e possibilidades de desenvolvimento de pesquisa. Através de busca nas bases de dados digitais Web of Science, SciELO, Scopus, PubMed, Bireme, LILACS e Redalyc, além do banco de teses e dissertações da Capes, e análise temática de 105 artigos, duas teses e 23 dissertações, tem-se como principais resultados: a) desigualdade numérica entre diferentes abordagens e subáreas de pesquisa, bem como disciplinas de estudo; b) característica heterogênea dos participantes destes estudos, sendo a maioria homens adultos não competidores; c) destaque do Brasil na produção científica sobre o jiu-jítsu; d) crescimento quantitativo e qualitativo de pesquisas; e) processo de internacionalização de pesquisas. Conclui-se que, assim como no âmbito esportivo mais amplo, a pesquisa sobre jiu-jítsu se encontra em franca expansão, principalmente no Brasil, com lacunas que representam potenciais áreas de interesse para investigações futuras.

 


Palavras-chave


Jiu-jítsu. Produção científica. Bibliometria. Pesquisa.

Texto completo:

PDF-POR


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.83697

Direitos autorais 2019 Movimento (ESEFID/UFRGS)




Movimento

Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment