A IMPORTÂNCIA DA AUTORREGULAÇÃO E EMPATIA NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES

Canales Lacruz Inmaculada, Rovira Gloria

Resumo


Este artigo analisa a autorregulação e empatia percebidas pelos estudantes da titulação de Maestro especialista en Educación Infantil da Universidad de Zaragoza na prática de situações motrizes introjetivas. Como instrumento de coleta de dados utilizou-se o diário de práticas, realizando-se posteriormente uma análise do conteúdo com o apoio do software NUD*IST 6. Os resultados mostram uma presença reduzida de autorregulação e empatia nos registros analisados. Confirma-se a necessidade de integrar as práticas motrizes introjetivas na formação de professores para desenvolver essas habilidades sociopessoais. Finalmente incluímos diretrizes de ensino para essa finalidade.


Palavras-chave


Docentes. Empatia. Controle formal da sociedade. Esgotamento profissional.



DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.54922

Direitos autorais




Movimento

Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment