O ENVELHECER NA VISÃO DO PROFISSIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA ATUANTE EM ACADEMIA DE GINÁSTICA: CORPO E PROFISSÃO

Diego Costa Freitas, Alexandre Palma, Carlos de Andrade Coelho Filho, Sílvia Maria Agatti Lüdorf

Resumo


O presente estudo se propõe a investigar como o profissional de Educação Física atuante em academia de ginástica concebe e lida com o seu envelhecimento, além de discutir eventuais relações no tocante ao envelhecimento, ao corpo e ao mercado de trabalho das academias de ginástica. Os dados foram obtidos por meio de entrevistas semiestruturadas. Deixar de ser o modelo jovem e saudável apreciado no âmbito das academias emerge negativamente a esses profissionais, que buscam no conhecimento adquirido na profissão encobrir estereótipos associados ao envelhecimento. Dessa forma acreditam aumentar as chances de permanência nesse mercado. 


Palavras-chave


Academias de ginástica. Docentes. Educação Física. Envelhecimento. Corpo.

Texto completo:

PDF-POR PDF-ENG (English)


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.46094



 

 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                                      

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment