O uso de Fóruns de Discussão para Incentivar a Interação em AVEA: Um estudo de caso no ensino superior

Natana Pereira, Janine De Lavechia, Angelita Darela Mendes, Fernando Spanhol, Giovani Mendonça Lunardi

Resumo


Devido mudanças na forma de construção do conhecimento, impulsionada pela onipresença dos recursos de Tecnologias da Informação e Comunicação, surge necessidade de novas metodologias de ensino e aprendizagem na educação superior. Assim, o artigo apresenta um estudo de caso, realizado em uma disciplina de abordagem mista (Blended Learning), de um curso do ensino superior. Tal abordagem caracteriza-se, de acordo com a taxonomia de Staker e Horn (2012), como modelo sala de aula invertida, do grupo rodízio. Após execução do estudo de caso, realizou-se coleta de dados por meio de um questionário eletrônico para, a partir de análise qualitativa, verificar o uso da ferramenta colaborativa fórum de discussão da plataforma educacional – Moodle. De acordo com os dados analisados, o uso da ferramenta colaborativa fórum, contribuiu na compreensão e identificação de conceitos e temáticas relacionados à disciplina, sendo tal tecnologia relevante para maior eficácia do modelo adotado em aula.

Palavras-chave


Fórum de discussão;Ambiente Virtual de Ensino e Aprendizagem; Ferramenta Colaborativa;Blended Learning

Texto completo:

PDF

Referências


ALARCON, Dafne Fonseca. DIRETRIZES PARA PRÁTICAS DE GESTÃO DO CONHECIMENTO NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. 2015. 213 f. Tese (Doutorado) - Curso de Programa de Pós-graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, Departamento de Engenharia e Gestão do Conhecimento, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2015.

ALZAHRANI, Majed Gharmallah. The Effect of Using Online Discussion Forums on Students' Learning. Turkish Online Journal Of Educational Technology- Tojet, v. 16, n. 1, p.164-176, jan. 2017. Disponível em: . Acesso em: 25 jul. 2018.

ARPACI, I. Antecedents and consequences of cloud computing adoption in education to achieve knowledge management. Computers in Human Behavior, v. 70, p. 382–390, 2017.

AZEVEDO, Breno Fabrício Terra; BEHAR, Patricia Alejandra; REATEGUI, EliseoBerni. Análise das mensagens de fóruns de discussão através de um software para mineração de textos. Sbie, Aracaju, v. 1, n. 22, p.20-29, nov. 2011. Disponível em: . Acesso em: 05 jul. 2017.

BECKER, Samantha Adams et al. NMC Horizon Report: 2017 Higher Education Edition.

Austin: The New Media Consortium, 2017. Disponível em:

nmc-horizon-report-he-EN.pdf>. Acesso em: 22 out. 2017

BERTOLIN, Júlio C. G.; MARCHI, Ana Carolina Bertoletti de. INSTRUMENTOS PARA AVALIAR DISCIPLINAS DA MODALIDADE SEMIPRESENCIAL: UMA PROPOSTA BASEADA EM SISTEMAS DE INDICADORES. Avaliação, Campinas; Sorocaba, v. 15, n. 02, p.131-146, mar. 2010.

BIASUTTI, Michele; EL-DEGHAIDY, Heba. Using Wiki in teacher education: Impact on knowledge management processes and student satisfaction. Computers & Education, [s.l.], v. 59, n. 3, p.861-872, nov. 2012. Elsevier BV. http://dx.doi.org/10.1016/j.compedu.2012.04.009

BARBOSA, Eduardo Fernandes; MOURA, Dácio Guimarães de. Metodologias ativas de aprendizagem na educação profissional e técnica. Boletem Técnico da Senac: A revista da educação profissional, Rio de Janeiro, v. 39, n. 2, p.48-67, jun. 2013. Disponível em: . Acesso em: 23 jul. 2018.

BRUNETTA, Nádia; ANTUNES, Elaine di Diego. Aprendizagem e Construção de Conhecimento em cursos EAD. Renote: Novas Tecnologias na Educação, Porto Alegre, v. 11, n. 3, p.1-10, dez. 2013.

CZEPULA, Alexandra Ingrid dos Santos et al. Active methodology and blended learning: An experience in pharmaceutical care. Currents In Pharmacy Teaching And Learning, [s.l.], v. 10, n. 1, p.106-111, jan. 2018. Elsevier BV. http://dx.doi.org/10.1016/j.cptl.2017.09.013.

DAHLSTROM, E., BROOKS, D. C., BICHSEl, J. (2014). The current ecosystem of learning management systems in higher education: Student, faculty, and IT

perspectives Research report. Louisville, CO: ECAR. Available from http://www.educause.edu/eca.

DAVENPORT, T. H.; PRUSAK, L. Conhecimento empresarial. Rio de

Janeiro: Campus, 1998.

DILLENBOURG, P. What do you mean by collaborative learning?. In P. Dillenbourg (Ed) Collaborative-learning: Cognitive and Computational Approaches. Oxford: Elsevier. 1999. p.1-19.

FREIRE, Patrícia de Sá. Aumente qualidade e quantidade de suas publicações científicas: Manual para elaboração de projetos e artigos científicos. 1. ed. - Curitiba, PR: CRV, 2013.

FREITAS, M. T. A. Janela sobre a utopia: computador e internet a partir do olhar da abordagem histórico-cultural. 32ª. Reunião Anual da Associação Nacional de Pós Graduação e pesquisa em Educação. Anais. Caxambu, 2009.

GARCÍA, Carmino López; ORTEGA, Carlos Alberto Catalina; ZEDNIK, Herik. Realidades Virtual e Aumentada:estratégias de Metodologias Ativas nas aulas sobre Meio Ambiente. Informática na Educação: teoria & prática, Porto Alegre,v. 20, n.1, p. 46-59, jan./abr. 2017.

GARRISON, D. R.; KANUKA, H. Blended learning: Uncovering its transformative potential in higher education. Internet and Higher Education, v. 7, n. 2, p. 95-105, 2004.

HOIC-BOZIC, N.; MORNAR, V.; BOTICKI, I. A blended learning approach to course design and implementation. IEEE Transactions on Education, v. 52, n. 1, p. 19-30, 2009

KURNAZ, Fatma Betül; ERGÜN, Esin; ILGAZ, Hale. Participation in online discussion environments: Is it really effective?. Education And Information Technologies, [s.l.], v. 23, n. 4, p.1719-1736, 19 jan. 2018. Springer Nature. http://dx.doi.org/10.1007/s10639-018-9688-4.

LACERDA, Mário Roberto Miranda et al. CRIAÇÃO E COMPARTILHAMENTO DE CONHECIMENTO EM AMBIENTES VIRTUAIS DE ENSINO-APRENDIZAGEM. Renote - Revista Novas Tecnologias na Educação, Porto Alegre, v. 1, n. 8, p.1-10, jul. 2010. Disponível em: . Acesso em: 01 março 2017.

LAI, A.; SAVAGE, P. Learning Management Systems and Principles of Good Teaching: Instructor and Student Perspectives. Canadian Journal of Learning and Technology, v. 39, n. 3, p. 21, 20132013.

LI, Liang-yi; TSAI, Chin-chung. Accessing online learning material: Quantitative behavior patterns and their effects on motivation and learning performance. Computers & Education, [s.l.], v. 114, p.286-297, nov. 2017. Elsevier BV. http://dx.doi.org/10.1016/j.compedu.2017.07.007. Disponível em: . Acesso em: 28 nov. 2018.

LIMA, Luísa; MEIRINHOS, Manuel. INTERACÇÕES EM FÓRUNS DE DISCUSSÃO COM ALUNOS DO ENSINO SECUNDÁRIO: UMA ANÁLISE SOCIOMÉTRICA. VII Conferência Internacional de Tic na Educação, Braga, v. 1, n. 1, p.1069-1080, maio 2011. Disponível em: . Acesso em: 10 ago. 2017.

LONCAR, M.; BARRETT, N. E.; LIU, G. Z. Towards the refinement of forum and asynchronous online discussion in educational contexts worldwide: Trends and investigative approaches within a dominant research paradigm. Computers and Education, v. 73, p. 93-110, 2014

MANDAJI, Mônica. O Processo de Colaboração em Trabalhos de Coautoria em Ambientes Virtuais de Aprendizagem. Revista Brasileira de Informática na Educação, São Paulo, v. 20, n. 1, p.50-59, abr. 2012. Disponível em: . Acesso em: 08 nov. 2018.

MATTAR, João. FÓRUNS DE DISCUSSÃO EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: MOODLE, FACEBOOK E REDU. Tecnologia Educacional, Botafogo, p.6-17, set. 2013.

MIYAZOE, Terumi; MIYAZOE, Terry. Learning outcomes and students'

perceptions of online writing: Simultaneous implementation of a forum, blog,

and wiki in an EFL blended learning setting. System, v. 38, n. 2, p.

-199, 2010.

MORÁN, José. Mudando a educação com metodologias ativas. In: SOUZA, Carlos Alberto de; MORALES, Ofelia Elisa Torres (orgs.). Coleção Mídias Contemporâneas. Convergências Midiáticas, Educação e Cidadania: aproximações jovens. Vol. II. PG: Foca Foto-PROEX/UEPG, 2015. Disponível em:

moran.pdf>. Acesso em: 20 jun. 2018.

MOURA, Gabriela Machado; SAMÁ, Suzi. Blended Learning Potencializando a Aprendizagem da Estatística no Ensino Superior. Informática na Educação: Teoria & Prática, Porto Alegre, v. 20, n. 1, p.60-70, abr. 2017. Disponível em: . Acesso em: 20 jul. 2018.

NONAKA, Ikujiro; TAKEUCHI, Hirotaka. Criação de conhecimento na empresa: como as empresas japonesas geram a dinâmica da inovação. Tradução de Ana Beatriz Rodrigues e Priscilla Martins Celeste. Rio de Janeiro: Campus, 1997.

OLIVEIRA, Agostinho C.; ARAÚJO, Samira M. Métodos Ativos de Aprendizagem: Uma breve introdução. 2015. Disponível em: . Acessado em: 21 jun. 2018. doi: 10.13140/RG.2.1.5004.6561

OLIVEIRA, Eduardo; TEDESCO, Patrícia. i-collaboration: Um modelo de colaboração inteligente personalizada para ambientes de EAD. Revista Brasileira de Informática na Educação, v. 18, n. 1, p. 17-31, 2010.

PINTO-LLORENTE, Ana Mª et al. Students’ perceptions and attitudes towards asynchronous technological tools in blended-learning training to improve grammatical competence in English as a second language. Computers In Human Behavior, [s.l.], v. 72, p.632-643, jul. 2017. Elsevier BV. http://dx.doi.org/10.1016/j.chb.2016.05.071.

ROCHA, Henrique Martins. Abordagem metodológica na análise de dados de estudos não- paramétricos, com base em respostas em escalas ordinais. Gepros, São Paulo, v. 3, n. 6, p.77-91, abr. 2011.

RODRIGUES, Carlos Rangel et al. Ambiente virtual: ainda uma proposta para o ensino. Ciências & Cognição, 13(2), 71-83, 2008.

SILVA, F. et al. Um modelo preditivo para diagnóstico de evasão baseado nas interações de alunos em fóruns de discussão. n. Sbie, p. 1187, 2015

SILVA, R. S. Moodle para autores e tutores. 2. ed. São Paulo: Novatec Editora, 2011

SOUSA, Sidinei de Oliveira; SCHLÜNZEN JUNIOR, Klaus. BLENDED LEARNING: REFLEXÕES SOBRE OS ATRIBUTOS DE UMA APRENDIZAGEM MISTA. Interacções, São Paulo, v. 14, n. 47, p.98-121, abr. 2018. Disponível em: . Acesso em: 19 jul. 2018.

STAKER, H.; HORN, M. B. Classifying K–12 blended learning. Mountain View, CA: Innosight Institute, Inc. 2012. Disponível em: https://www.christenseninstitute.org/wp-content/uploads/2013/04/Classifying-K-12-blended-learning.pdf . Acesso em: 28 nov. 2018.

TAKEUCHI, H; NONAKA, I. Gestão do Conhecimento. Porto Alegre: Bookman, 2008.

VALENTE, José Armando. Blended learning e as mudanças no ensino superior: a proposta da sala de aula invertida. 2014. Educar em Revista, Curitiba, Brasil, Edição Especial n. 4/2014, p. 79-97. Editora UFPR 7. Disponível em: . Acesso em: 27 novl. 2018.

VYGOTSKI, L. S. A Formação Social da Mente: O desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. 4. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1991. 182 p.

WEERASINGHE, Thushani A.. An Evaluation of Different Types of Blended Learning Activities in Higher Education. Ieee Xplore, Mumbai, v. 1, n. 1, p.42-45, jul. 2018. Disponível em: . Acesso em: 28 nov. 2018.




DOI: https://doi.org/10.22456/1982-1654.85218

Direitos autorais 2019 Informática na educação: teoria & prática

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.