Desenvolvimentos metodológicos para uma História do Livro Jurídico: possibilidades e propostas metodológicas

Frederico Paganin Gonçalves, Pedro André Piccoli Ferreira

Resumo


O presente trabalho visa a apresentar considerações metodológicas para o uso da história do livro como ferramenta para a história do Direito. Partindo da proposta de António Manuel Hespanha de uma “história global dos discursos” e entendendo a comunicação como elemento central para a formação discursiva jurídica,pretende destrinchar as aproximações metodológicas de duas referências consideradas obrigatórias da história do livro, Robert Darnton e Roger Chartier. Por fim, verificando o “estado da arte” na intersecção entre história do direito e história do livro, o trabalho visa apresentar conclusões relativas a uma metodologia que possibilite o desenvolvimento de tais estudos, explorando as tendências e a dinâmica de algumas importantes investigações na subdisciplina da história do livro jurídico nos últimos vinte anos.


Palavras-chave


História do Direito; História do livro; História da leitura; História do livro jurídico; Metodologia jurídica

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Res Severa Verum Gaudium | ISSN 2176-3755 | revistaressevera@gmail.com

Faculdade de Direito - Centro Acadêmico André da Rocha

Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS

Av. João Pessoa, nº 80. Porto Alegre, RS. CEP 90040-001