Pistoleiro ou vingador: construção de trajetórias

Autores

  • Comissão Editorial Sociologias Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • César Barreira

Palavras-chave:

pistoleiro, vingador, honra, vingança, coragem, valentia, violência

Resumo

Tendo em vista entender o sistema de pistolagem em articulação com valores culturais, o artigo salienta aspectos da vida cotidiana do pistoleiro, através das suas falas. Nessa perspectiva, privilegiando a fala do pistoleiro, alguns conceitos adquirem novos e importantes significados, a exemplo da compreensão que ele tem de punição, vingança, valentia e coragem. Nas trilhas da "lógica da suspeição", dois informantes, que expressam versões exemplares para se entenderem, os crimes por encomenda foram demarcando seus lugares. Um informante colocou-se claramente como pistoleiro, com crimes cometidos por encomenda. O outro negou qualquer envolvimento com crimes de pistolagem, colocando seus crimes no "campo da honra", motivados por vingança. Os casos foram montados a partir das entrevistas, e as suas versões deram o eixo central das histórias configuradas nas categorias de "vingador" e de "pistoleiro".

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

César Barreira

Professor Titular em Sociologia e Coordenador do Laboratório de Estudos da Violência (LEV) da UFC. Pesquisador do NUAP/PRONEX – CNPq. Titular da Cátedra em Ciências Sociais Sérgio Buarque de Holanda, Maison des Sciences de l’Homme/ Université Lyon 2 (2000-2002).

Downloads

Como Citar

SOCIOLOGIAS, C. E.; BARREIRA, C. Pistoleiro ou vingador: construção de trajetórias. Sociologias, [S. l.], v. 4, n. 8, 2008. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/sociologias/article/view/5793. Acesso em: 5 dez. 2022.