OBJETO DE APRENDIZAGEM E ESPORTE ADAPTADO: APONTAMENTOS A PARTIR DE UM ESTUDO DE CASO

Autores

  • Andiara Dewes UFSM
  • Roberta Feck UFSM
  • Ana Cláudia Oliveira Pavão UFSM

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.85880

Palavras-chave:

objeto de aprendizagem, esporte adaptado, ensino e aprendizagem.

Resumo

No contexto contemporâneo, permeado por exigências e desafios diversos em todos os âmbitos, a utilização das tecnologias tem proporcionado muitas possibilidades. Dentre estas, destaca-se a produção de objetos de aprendizagem (OA), os quais têm contribuído com os processos de ensino e de aprendizagem, tanto em espaços formais de escolarização como em ambientes que não sejam uma sala de aula. Nessa perspectiva, voltou-se o olhar para os OA no contexto do esporte adaptado. Desse modo, a partir do desenvolvimento, aplicação e avaliação de um OA, tem-se como objetivo identificar se um OA tem potencialidades para qualificar os processos de ensino e de aprendizagem de Basquetebol em Cadeira de Rodas-BCR, envolvendo uma movimentação de ataque. Trata-se de uma pesquisa qualitativa do tipo estudo de caso, tendo como participantes integrantes de uma equipe praticante dessa modalidade. Evidenciou-se que os OA contribuem nos processos de ensino e de aprendizagem do BCR, pois se tornam qualificadores e potencializadores de aprendizagem. Ao possibilitar analisar o jogo de uma nova perspectiva, os sujeitos qualificam o processo de entendimento da jogada e, assim, pode resultar em uma potencialização ao permitir que o jogador analise outras possibilidades de movimentações. Destaca-se que o OA teve uma avaliação satisfatória na dimensão técnica do objeto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-07-21

Como Citar

DEWES, A.; FECK, R.; CLÁUDIA OLIVEIRA PAVÃO, A. OBJETO DE APRENDIZAGEM E ESPORTE ADAPTADO: APONTAMENTOS A PARTIR DE UM ESTUDO DE CASO. RENOTE, Porto Alegre, v. 16, n. 1, 2018. DOI: 10.22456/1679-1916.85880. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/85880. Acesso em: 7 out. 2022.

Edição

Seção

Objetos de aprendizagem