Acontecimento: evocando sentidos, provocando ações: uma análise do “Mensalão”

Autores

  • Maria Terezinha da Silva Universidade Federal de Minas Gerais

Palavras-chave:

“Mensalão”. Acontecimento. Escândalo. Enquadramento. Corrupção.

Resumo

No artigo analisamos o processo de constituição do “Mensalão”, buscando identificar como ele é individualizado, ganhando uma significação e uma identidade enquanto acontecimento singular. Apoiamo-nos na abordagem do acontecimento proposta por Louis Quéré (1997; 2005), da qual retiramos a grade analítica para estudar o processo de individualização do “Mensalão”, que foi aplicada sobre um corpus de 1.269 textos jornalísticos. Analisamos: 1) a descrição, que revela um acontecimento cujos sentidos são disputados; 2) a narração, que mostra os principais protagonistas e os diferentes tempos convocados para o acontecimento; 3) a dimensão pragmática, com as ações constitutivas deste acontecimento; 4) a comercialização do apoio político e a prática de caixa dois como principais problemas públicos expostos, a maneira como são tratados e como os enquadramentos condicionam o tratamento; e 5) a normalização através da responsabilização de alguns dos implicados nas denúncias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Terezinha da Silva, Universidade Federal de Minas Gerais

Doutora em Comunicação Social pela Université Paris OuestNanterre La Défense e Universidade Federal de Minas Gerais (cotutela).Professora Visitante do Departamento de Comunicação Socialda Universidade Federal de Minas Gerais. Pesquisadora Associada ao Grupo de Pesquisa em Imagem e Sociabilidade - GRIS/PPGCOM/UFMG.

Downloads

Publicado

2014-07-14

Como Citar

Silva, M. T. da. “Acontecimento: Evocando Sentidos, Provocando ações: Uma análise Do ‘Mensalão’”. Intexto, nº 30, julho de 2014, p. 72-92, https://seer.ufrgs.br/index.php/intexto/article/view/47822.

Edição

Seção

Artigos