Candida blankii: Um patógeno emergente de difícil diagnóstico e tratamento clínico

Autores

  • Leticia Barrey Becker Departamento de Análises, Faculdade de Farmácia, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Porto Alegre, RS, Brasil.
  • Daiane Flores Dalla Lana Programa de Pós-graduação em Patologia, Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA). Porto Alegre, RS, Brasil.
  • Adelina Mezzari Departamento de Análises, Faculdade de Farmácia, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Porto Alegre, RS, Brasil. http://orcid.org/0000-0003-4538-627X

Palavras-chave:

Candida blankii, epidemiologia, diagnóstico, suscetibilidade, resistência, tratamento

Resumo

O gênero Candida possui várias espécies conhecidas e que podem tornar-se patogênicas em determinadas situações. Candida blankii é uma espécie emergente que, na última década, foi identificada como um agente de doenças sistêmicas. Ainda não existe um protocolo de tratamento específico, apesar de que nos poucos casos registrados na literatura a terapia adotada foi efetiva. O objetivo deste estudo foi realizar uma revisão bibliográfica para coletar informações relevantes sobre este patógeno como um possível agente etiológico em infecções sistêmicas, bem como sua epidemiologia e os aspectos de sua patogenicidade.

 

Palavras-chave: Candida blankii; epidemiologia; diagnóstico; suscetibilidade; resistência; tratamento

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-03-25

Como Citar

1.
Becker LB, Lana DFD, Mezzari A. Candida blankii: Um patógeno emergente de difícil diagnóstico e tratamento clínico. Clin Biomed Res [Internet]. 25º de março de 2020 [citado 1º de outubro de 2022];39(4). Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/hcpa/article/view/93903

Edição

Seção

Artigos de Revisão

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)