Os principais delineamentos na Epidemiologia – Ensaios Clínicos

Aline Castello Branco Mancuso, Suzi Alves Camey, Luciana Neves Nunes, Vania Naomi Hirakata, Luciano Santos Pinto Guimarães

Abstract


Um estudo experimental tem como objetivo principal conduzir um ou mais tratamentos ou intervenções de modo a modificar, de alguma forma, um processo de doença. Esses estudos podem ser realizados em pacientes, sujeitos saudáveis, comunidades ou subgrupos da população. Para as comparações, pelo menos dois grupos são formados: um recebendo a intervenção nova (grupo experimental), e outro grupo com a intervenção padrão ou um placebo (grupo controle). Definir um grupo controle é uma das etapas mais difíceis, pois as características devem ser comparáveis em todos os critérios ao grupo experimental. Os resultados podem sofrer interferências, se a metodologia aplicada não for planejada adequadamente. Os sujeitos devem ser alocados de forma aleatória aos grupos. O “cegamento” também é recomendado, pois previne certos vieses. Além destes, o número de sujeitos é fundamental para a validade dos resultados. Contudo, a Ética na pesquisa deve prevalecer sob todas as circunstâncias. Um documento de consentimento (Termo de Consentimento Livre e Esclarecido) deve ser entregue aos participantes contendo, entre outras informações, os objetivos, procedimentos, riscos e benefícios. No final do estudo, os participantes têm o direito de serem informados sobre os resultados obtidos.


Keywords


Ensaios Clínicos



Copyright (c)



ISSN: 2357-9730 

http://seer.ufrgs.br/hcpa/

   

  

 

Apoio Financeiro:

  

 

Licença Creative Commons
The Clinical & Biomedical Research is licenced under Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.