Submergir-se: incorporar espaços (in)habitáveis

Autores

  • Teresa Torres Eça Universidade do Porto - UP - Porto

DOI:

https://doi.org/10.22456/2357-9854.46543

Palavras-chave:

investigação-colaborativa, arte educação, ativismo, educação expandida

Resumo

Este texto relata alguns projetos de investigação colaborativa nos quais se trabalhou mais a partir de conceitos do que de métodos. Partimos da questão de espaços de fronteira, entre-lugares onde a arte educação pode invocar a sua hibridez. Descrevemos estratégias da performance artística como pedagogia em espaços de construção colaborativa de aprendizagem para invocar atitudes que possam levar à provocação da visibilidade de uma arte educação comprometida com o mundo real. Falaremos de ações desenvolvidas com vários professores, em contextos de educação formal e não formal, no Brasil e em Portugal e da necessidade de trabalhar em rede e de utilizar as potencialidades que as tecnologias da comunicação oferecem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Teresa Torres Eça, Universidade do Porto - UP - Porto

Professora e pesquisadora da Universidade do Porto (Portugal) é bacharel em artes plásticas pela
Escola Superior de Belas Artes do Porto, mestre e doutora em arte/educação pela Universidade de
Surrey Roehampton (UK). É vice-presidente da International Society of Education through Art (INSEA)
e presidente da Associação de Professores de Expressão e Comunicação Visual (APECV). Foi secretária do Conselho Europeu Regional da INSEA e representante da Europa no Conselho Mundial

da INSEA. É membro fundador da Rede Ibérica de Educação Artística, onde atua como moderadora.
Atualmente é sub-editora da Revista International Journal of Education through Art. Tem artigos e livros
publicados em diversos países.

Downloads

Publicado

2014-04-26

Como Citar

EÇA, T. T. Submergir-se: incorporar espaços (in)habitáveis. Revista GEARTE, [S. l.], v. 1, n. 1, 2014. DOI: 10.22456/2357-9854.46543. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/gearte/article/view/46543. Acesso em: 29 jun. 2022.