RecriArte: uma experiência colaborativa entre famílias, escolas e Artes Visuais

Autores

  • Joana Consiglieri Escola Superior de Educação João de Deus — ESEJD, Lisboa, Portugal
  • Maria Paula Colares Pereira Escola Superior de Educação João de Deus — ESEJD, Lisboa, Portugal

DOI:

https://doi.org/10.22456/2357-9854.109007

Palavras-chave:

Escola- Família, Educação Artística, Museu, Obras de Arte, Práticas Educativas

Resumo

O enfoque deste estudo incide na importância do papel da Educação Artística para o desenvolvimento e crescimento pessoal da criança. Tendo o objetivo em sensibilizar os pais, os educadores e os estudantes do Mestrado, promove-se a participação mais ativa e colaborativa entre todos os intervenientes. Neste projeto, pretende-se que a criança observe e vivencie obras de Arte em museus nacionais. Proporcionando, assim, o interesse pela interpretação e criação através da realização das suas próprias produções artísticas, recorrendo a diferentes técnicas e linguagens plásticas. Esta vivência leva às crianças a comunicar e dialogar sobre as suas escolhas, expandir a sua experiência estética e cultural, bem como em tomar consciência da apreciação e da crítica, o gosto pela Arte e o acesso à cultura.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Joana Consiglieri, Escola Superior de Educação João de Deus — ESEJD, Lisboa, Portugal

Artista Plástica, Professora e Investigadora. Tem o Doutoramento em Belas-Artes, na especialidade em Ciências da Arte. Mestrado em Teorias da Arte pela Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa [FBA-UL]. Licenciatura em Escultura, FBA-UL. Desde 1992, expõe com alguma regulariedade em desenho, escultura, instalação, fotografia e vídeo. Está representada em algumas instituições. Desde de 1998, lecciona na Escola Superior de Educação João de Deus em vários cursos e graus. Investigadora no Centro de Investigação João de Deus. Desde 2002, publica regularmente em revistas e catálogos de Arte Contemporânea. Presentemente, colabora na Artecapital.

Maria Paula Colares Pereira, Escola Superior de Educação João de Deus — ESEJD, Lisboa, Portugal

Docente na Escola Superior de Educação João de Deus, desde 2001, na Licenciatura em Educação Básica, Mestrados Profissionalizantes e Mestrados em Ciências da Educação. Membro efetivo do Conselho Técnico-científico da ESE João de Deus, desde 2009. Membro dos Conselhos Pedagógico e Consultivo. Membro Avaliador e Certificador Manuais Escolares (entidade acreditada pela ME), desde 2009.  Membro do CG da Escola do Agrupamento Pe. Bartolomeu de Gusmão e Escola Secundária Pedro Nunes, desde 2009.Supervisora Pedagógica dos Estágios Profissionais, desde 2002. Orientação da PP/EP/Iniciação à Prática Profissional, desde 2001. Orientadora de teses de Mestrado. Júri nas provas públicas (presidente, vogal) de defesa de teses de Mestrados, desde 2009. Formadora certificada com o registo – CCPFC/RFO – 26569/09, B03, B11, B17, C04, C09, C12 e D13.Responsável pela organização e coordenação da participação dos alunos no Oeste Infantil e outros eventos. Acompanhamento dos alunos nas Metas Curriculares do Português e da Matemática. Março 2013.Investigadora do Projeto “EDUcar para o MAR- EDUMAR” (2017- 2019), SAICT-POL/23480/2016, financiado pela FCT (PIDDAC) e pelo FEDER.

Referências

ALBERCA, Fernando.C. Todos los ninos pueden ser Einstein. Un método eficaz para motivar la inteligência. 12ª Edição. Espanha: Editorial Toromítico, 2012.

ALMEIDA, Marcos. T. P. O brincar na educação infantil. Revista virtual EF Artigos, Natal (RN), v. 3, n. 1, s/p. maio 2005. Disponível em: http://efartigos.atspace.org/efescolar/artigo39.html. Acesso em: 12 out. 2020.

ANDERSON, David. et al.[R1] . Children’s Museum Experiences: Identifying Powerful Mediators of Learning. The Curator Museum Journal, v. 45, n. 3, jul. 2002. pp. 213-231. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/27477504_Children%27s_Museum_Experiences_Identifying_Powerful_Mediators_of_Learning. Acesso em: 26 set. 2020.

BARBOSA, Ana Mae. Redesenhando o Desenho: educadores, política e história. São Paulo: Cortez, 2015.

BOGDAN, Robert; BIKLEN, Sari. Investigação qualitativa em educação. Porto: Porto Editora, 1994

CHRISTENSEN, Pia; JAMES, Allison. Investigação com crianças perspectivas e práticas. Porto: EEP, 2005.

CONSIGLIERI de VILHENA, Joana. Visitar, sentir e experimentar a pintura de Pedro Calapez/ Visit, feel and experience the painting by Pedro Calapez. Revista Matéria-Prima: Transformar, criar, desafiar, VII Congresso. set./dez. 2018, ISBN 978-989-8771-89-6, CIEBA – FBAUL, pp. 335-343. Disponível em: https://congressomateria.belasartes.ulisboa.pt/actas_2018.pdf. Acesso em 16 set 2018.

CONSIGLIERI de VILHENA, Joana. As artes visuais como uma disciplina cognitiva na educação pré-escolar e no 1º Ciclo do Ensino Básico/ The Visual Art as cognitive discipline in Nersury and Primary School”. In Revista Matéria-Prima. v. 4, n. 1, jan./abr. 2016, quadrimestral. ISSN 2182-9756, e-ISSN 2182-9829, CIEBA – FBAUL, pp. 133-141. Disponível em: https://materiaprima.belasartes.ulisboa.pt/MP_v4_iss1.pdf . Acesso em 10 julho 2016.

DEWEY, John. Arte como experiência. São Paulo: Martins Fontes, Selo Martins, 2010.

ECCLES, Jacquelynne S.; DAVIS-KEAN, Pamela E. Influences of Parent's Education on Their Children Educational Attainments. London Review of Education, v. 3, n. 3, p. 191-204, nov. 2005.

FOX, Jill. E.; SCHIRRMACHER, Robert. Art & Creative Development for Young Children. International Edition: Wadsworth, Cengage Learning, 2012. ISBN-13 978-1-111-35031-4, ISBN-10 1-111-35031-0

GONÇALVES, Rui. M., FRÓIS, João P.; MARQUES, Elisa. Primeiro Olhar. Programa Integrado das Artes Visuais. Caderno do Professor. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian e Serviço de Educação e bolsas, 2002.

GRAFF, Martin.; DAVIES, Jo.; MCNORTON, Maggy. Cognitive Style and Cross Cultural Differences. Internet Use and Computer Attitudes. European Journal of Open, Distance and E-Learning, 2008.

HOMEM, Catarina. A importância da criatividade. Cadernos de Educação de Infância nº 88, APEI, p.41 – 46, dez. 2009.

KARADENIZ, Ceren. (2010). Children’s museums and necessity for children’s museums in Turkey. In Procedia Social and Behavioral Sciences 2, pp. 600-608. Online: www.sciencedirect.com. https://doi.org/10.1016/j.sbspro.2010.03.070. Acesso em: 26 set. 2020.

LOWENFELD, Viktor; BRITTAIN, W. L. Desenrollo de la Capacidad Creadora. Moreno, Buenos Aires, Editoral Kapelusz, 1970. (Biblioteca de Cultura Pedagogica)

MONTANDON, Cléopâtre; PERRENOUD, Philippe. Entre parents et enseignants: un dialogue impossible? Paris: Peter Lang, 2001.

OLIVEIRA-FORMOSINHO, Júlia. (Org.). A escola vista pelas crianças. Porto: Porto Editora, 2008.

PERKINS, David. N. The Intelligent Eye. Learning to think by Looking at Art. U.S.A.: Getty Publications, 1994.

QADIRI, Fouziya; MANHAS, Sarika. Parental Perception Towards Preschool Education Imparted at Early Childhood Education Centers. Studies on Home and Community Science. v.3, n. 1, p. 19-24, 2009. https://doi.org/10.1080/09737189.2009.11885271. Acesso em: 20 set. 2020.

QUIVY, Raymond.; CAMPENHOUDT, Luc V. Manual de Investigação em Ciências Sociais. Lisboa: Gradiva, 2005.

REIS, Maria Paula. C. P. O papel do adulto na brincadeira - se for demais deixa de ser brincar! I Seminário Envolvimento Parental – ação de formação de curta duração com reconhecimento e certificação ISCE, 2016.

REIS, Paula. C. P.; SILVEIRA-BOTELHO, Teresa. O que as famílias (não) sabem sobre a educação de infância, contribuições para uma melhor prática educativa. In Revista Cientifica Educação para o Desenvolvimento, v. 3, 70-80, 2016. ISNN 2183-8518.

RUIVO, Isabel; PEREIRA, Paula. C.; CALDEIRA, Maria Filomena; BOAVENTURA, D. Reconhecimento de emoções de expressões faciais em crianças dos 3 aos 10 anos”. Revista da Educação para o Desenvolvimento, pp. 14-28, 2017.

SILVA, Isabel. L.; MARQUES, Liliana.; MATA, Lourdes.; ROSA, Manuela. Orientações Curriculares para a Educação Pré-Escolar. Lisboa: Ministério da Educação, 2016.

SOBRINHO, Roberto. Metodologias de investigação com crianças: outros mapas, novos territórios para a infância. Revista e-cadernos CES, 02, 2008. In https://doi.org/10.4000/eces.1382 Acesso em 20 jan. 2021.

STUDART, Denise. C. Museus e famílias: percepções e comportamentos de crianças e seus famíliares em exposições para o público infantil. In: História, Ciências, Saúde – Manguinhos. v. 12 (suplemento), pp. 55-77, 2005.

Downloads

Publicado

2022-10-16

Como Citar

CONSIGLIERI, J.; PEREIRA, M. P. C. RecriArte: uma experiência colaborativa entre famílias, escolas e Artes Visuais. Revista GEARTE, [S. l.], v. 9, 2022. DOI: 10.22456/2357-9854.109007. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/gearte/article/view/109007. Acesso em: 1 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos