CULTURA POLÍTICA PÓS-CONSENSO DE WASHINGTON: O CONCEITO DE CULTURA CÍVICA E A MUDANÇA POLÍTICA NA AMÉRICA LATINA

Autores

  • Henrique Carlos de Oliveira de Castro Universidade de Brasília
  • Daniel Capistrano Universidade de Brasília

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-5269.3139

Palavras-chave:

Cultura Política

Resumo

O artigo propõe uma reflexão crítica do conceito de cultura cívica e sua aplicação em estudos sobre mudança política na América Latina. O índice pós-materialista, um exemplo de uso desse conceito, foi testado como uma variável explicativa da cultura política em países europeus e latino-americanos. A análise dos dados da Pesquisa Mundial de Valores aponta para necessidade de se rever a operacionalização de variáveis nos estudos sobre cultura política na América Latina.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Henrique Carlos de Oliveira de Castro, Universidade de Brasília

Doutor em Ciência Política. Professor do Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas da Universidade de Brasília (CEPPAC/UnB). Pesquisador responsável pela Pesquisa Mundial de Valores no Brasil. Pesquisador de Produtividade de Pesquisa do CNPq – Nível 2.

Daniel Capistrano, Universidade de Brasília

Sociólogo. Mestrando do Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas da Universidade de Brasília (CEPPAC/UnB). Bolsista da CAPES/MEC.

Downloads

Publicado

2008-06-30

Como Citar

Castro, H. C. de O. de, & Capistrano, D. (2008). CULTURA POLÍTICA PÓS-CONSENSO DE WASHINGTON: O CONCEITO DE CULTURA CÍVICA E A MUDANÇA POLÍTICA NA AMÉRICA LATINA. Revista Debates, 2(1), 75. https://doi.org/10.22456/1982-5269.3139

Edição

Seção

Dossier