Predição do índice de conforto térmico em edificíos de escritório na Alemanha

Autores

  • Ernesto Kuchen IRPHa - Instituto Regional de Planeamiento y Hábitat UNSJ - Universidad Nacional de San Juan
  • Manfred Norbert Fisch
  • Guillermo Enrique Gonzalo
  • Graciela Noemí Nozica

Palavras-chave:

Trabalho de campo, Índice de conforto térmico, Temperatura de neutralidade, Sensação térmica, Preferência térmica

Resumo

Padrões internacionais indicam quais são as exigências sobre conforto térmico que devem ser alcançadas em espaços de escritório. Elas se baseiam em um modelo desenvolvido pelo Prof. Paul Ole Fanger, no Centre for Indoor Environment and Energy, na Dinamarca. Hoje, quarenta anos de pesquisa mostram uma evolução desses indicadores. Este trabalho consiste no desenvolvimento de uma ferramenta para avaliar o conforto térmico em espaços de trabalho de edifícios de escritório. A metodologia baseia-se em medições e questionários realizados no local. Para o estudo de campo utiliza-se uma unidade móvel equipada com sensores e um questionário pelos quais se obtêm respostas dos usuários sobre a qualidade térmica do ambiente de trabalho. Levantam-se as condições térmicas de trinta edifícios de escritório na Alemanha com diferentes sistemas de climatização. A correlação entre os dados objetivos e subjetivos permite desenvolver uma fórmula que calcula o nível de insatisfação térmica em um ambiente determinado, em função de aspectos locais. Para os edifícios estudados, a temperatura de conforto é 23,3 ºC e o percentual mínimo de usuários insatisfeitos é de 7%, sendo 2,3 K (Kelvin) menor que o modelo de Fanger, o que é significativo no balanço energético dos edifícios localizados em um clima da Europa central.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ernesto Kuchen, IRPHa - Instituto Regional de Planeamiento y Hábitat UNSJ - Universidad Nacional de San Juan

2010 Investigador de CONICET (Res.1273)

2010 Profesor Adjunto (Res.1084-FAUD/09)

2009 Becario Postdoctoral CONICET (Res.1881. CIC 06/07/2009)

2008 Doctor (Dr.-Ing.), TU-BS – Universidad Técnica de Braunschweig, Alemania

2006 Investigador Contratado TU-BS (Wiss. MA – BAT II a)

2002 Beca Doctoral DAAD (Ref. A/02/19113)

2001 Arquitecto UNSJ (Mat. A-1732)

Manfred Norbert Fisch

Guillermo Enrique Gonzalo

Graciela Noemí Nozica

Downloads

Publicado

2011-08-23

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)